Review da lente Canon EF 70-300mm f/4-5.6 IS II USM

publicado

Este é um review de 2 anos de uso da objetiva que mais uso, atualmente, no dia a dia, nas viagens, para fotografar paisagens, flores, pássaros, retratos, fotografia de rua etc.

Depois de ter usado outras teleobjetivas zoom, de entrada, da Canon — como a EF 75-300mm f/4.0-5.6 III e, em seguida, a EF-S 55-250mm STM — parti para a Canon EF 70-300mm f/4-5.6 IS II USM. Esta é “a última fronteira” das teleobjetivas de entrada da marca. Depois dela, há um salto nos preços e, talvez, na qualidade.

Projeto moderno, com tons escuros e um LCD no topo.

Entre os 70mm e os 200mm, ela produz ótimos resultados nos retratos. Aos 300mm, é ótima para pássaros, detalhes da arquitetura da cidade e, até mesmo, shows e outros eventos noturnos.

Merecem destaque o autofoco extremamente rápido, a boa qualidade óptica e design moderno.

Entenda por que esta objetiva faz parte do meu kit, desde 2019. E veja a minha galeria de imagens, lá embaixo.

Infelizmente, o hood (para-sol) não está incluído no pacote da lente.

Especificações técnicas da Canon EF 70-300mm f/4-5.6 IS II USM

Esta é uma daquelas objetivas que não impressiona nas especificações técnicas, mas no uso. Especialmente, se você já é usuário de alguma outra tele.

LançamentoSetembro/2016
Distância focal70-300mm
Ângulo do campo de visão (diagonal) full frame/APS-C aos 70mm34,3° (FF) e 21,4° (APS-C)
Ângulo do campo de visão (diagonal) full frame/APS-C aos 300mm8,2° (FF) e 5,1°(APS-C)
Abertura máxima do diafragmaf/4.0 – f/5.6
Abertura mínima do diafragmaf/32 – f/45
Núm. de lâminas do diafragma9
Construção da objetiva17 elementos em 12 grupos.
Menor dist. de focalização1,2 m
Ampliação máxima (aos 300mm)0,25X
Sistema de estabilização4 stops
Motorização de autofocoNano USM, com full-time manual.
Peso710g
Tabela de especificações técnicas da Canon EF 70-300mm f/4-5.6 IS II USM.

Por fim, a objetiva não tem suporte aos extensores (teleconverters) da Canon, mas aceita ampliação com tubos extensores — podendo chegar a 0,47X, com o EF25 II (link no final do texto).

O sistema de autofoco

Imagem: Canon USA. Posicionamento do motor de autofoco Nano USM, na parte traseira da objetiva.

Em poucas palavras: é o ponto forte desta objetiva.

O motor de autofoco Nano USM combina o melhor do STM (silencioso) com o melhor do ring-type USM (veloz).

É o sistema de autofoco mais rápido que já experimentei. Ela crava o foco em frações de segundos, mesmo em assuntos pequenos, de movimentos rápidos — como passarinhos, em vôo.

Se a sua câmera tiver um sistema de autofoco avançado, você vai conseguir tirar o máximo desta lente.

Na minha Canon EOS 6D Mark II, é a lente que mais tira proveito dos recursos de focagem da cãmera.

Design e construção

Visor LCD em destaque, na Canon EF 70-300mm IS II USM.

O design se destaca pela modernidade (2016) e pelo visor LCD, único na categoria. O Dustin Abbot chama o equipamento de “a escolha do Batman”, pelos tons escuros e pela discrição e elegância do projeto.

O visor LCD pode ser desligado ou usado no modo de cores invertidas, para facilitar a visualização em ambientes escuros ou no sol. Você pode, ainda, optar por mostrar as distâncias focais, com a profundidade de campo ou o funcionamento do sistema de estabilização.

A lente não tem weather sealing, ou seja, use com cuidado em ambiente úmidos, em clima chuvoso ou na praia. Se você pretende expôr o equipamento a condições “desafiadores”, talvez a versão L desta objetiva seja um melhor investimento para você.

A construção óptica

O conjunto óptico inclui 2 elementos de vidro de ultra dispersão (UD). Os elementos UD (Ultra Low Dispersion) ajudam a corrigir as situações mais extremas da ocorrência de aberrações cromáticas.

Neste caso, duas lentes feitas de vidro UD conseguem oferecer a mesma performance de uma única lente de fluorita (usada na série L).

Construção óptica da lente.

Isto se traduz em uma lente compacta, com alto grau de precisão e nitidez e pouca aberração óptica.

A maioria dos problemas ópticos, desta lente, podem ser resolvidos com os recursos computacionais da sua câmera.

Câmeras de segurança sobre o monumento Obelisco no centro de Buenos Aires
No limite da lente, as aberrações cromáticas estão sempre sob controle.

O bokeh da EF 70-300mm IS II USM

Com 9 lâminas no diafragma, ela possui um desfoque muito suave. Aliado a uma boa técnica, você consegue facilmente reproduzir os resultados de equipamentos mais caros.

A lente é eficiente para obter retratos de pessoas, com foco cravado no rosto e um fundo completamente “derretido”, a partir dos 135mm.

Na fotografia de aves e vida selvagem, pode proporcionar imagens com características profissionais — estilo NatGeo — com o assunto nítido e desfoque suave no background.

O sistema de estabilização óptica

O OIS (Optical Image Stabilization) da lente é muito eficiente e permite trabalhar com velocidades bastante baixas — o que facilita muito o trabalho em situações de pouca luminosidade.

Não é um projeto concebido para fotografia noturna, mas dá conta do recado — principalmente, se você tem tolerância a um nível razoavelmente alto de ISO. Já fotografei alguns shows noturnos com ela e consegui voltar pra casa com fotos boas, nítidas e com foco cravado.

Ela trabalha muito bem em conjunto com o sistema de estabilização digital da Canon, o que pode garantir um excelente nível de estabilização para as suas filmagens, se você tiver o recurso na sua câmera — às vezes chamado de motion IS ou digital IS.

O LCD da objetiva pode ser configurado para o modo de cores invertidas — para facilitar a visualização, no sol — e mostra a equivalência do campo de visão, em relação a sensores full frame, automaticamente, quando usa a lente em uma câmera APS-C.

Os pontos fracos da objetiva

É uma lente que custa em torno de 700 dólares, nova e isso traz algumas considerações.

Tem boa qualidade óptica, por um lado, mas requer cuidados para usar em ambiente externo.

A lente não tem qualquer selagem para impedir que respingos d’água (ou qualquer outro líquido) entrem no seu corpo — como consequência, poeira e fungos podem se tornar uma grande preocupação para vocẽ.

É uma pena que ela não “faça companhia” ao sistema de selagem de câmeras modernas como a EOS 5D Mark III ou IV, a 7D Mark II ou a 6D Mark II.

Com esta lente, se começar uma garoa ou chuva fina, acabou a brincadeira.

Além do weather sealing, também creio que seria útil o visor ser retroiluminado.

O que outros reviewers falam dela

No geral, a lente é bem avaliada pelo público de usuários e pelos reviewers. Leve em conta que muitos analistas criam conteúdo após usar o equipamento por apenas alguns dias ou semanas. Sinceramente, acho isso muito pouco.

“Um belo bokeh, transições suaves (no autofoco) e renderização de cor que mostra a qualidade superior de sua óptica. É um upgrade significativo em relação à versão anterior e merece ser considerada, se você estiver procurando por uma telefoto de qualidade”

Dustin Abbot

O novo motor é pequeno, rápido e preciso.

Lensrentals.com

“… atenderá no máximo as Canon EOS de 24MP, full frame ou APS-C, estas sim com resolução de sobra, equivalente até as objetivas prime mais caras. Mas não funcionará para os profissionais que queiram de fato extrapolar no tamanho das impressões, e para estes a 70-300 da série L faz mais sentido. Para todo o restante, a 70-300 II é pelo menos um novo paradigma de operação e foco automático, jamais visto em qualquer objetiva Canon nessa faixa de preço.”

Blog do zack

Você quer que eu diga algo mais do que “vá lá, pegar a sua!”? Esta é a melhor telefoto do mercado para não-profissionais.

Ken Rockwell

Conclusão

Ao lado da Sigma 24-70mm f/2.8 IF EX DG HSM, esta é a lente que quase não sai do mount da minha 6D Mark II. É a que uso para quase tudo e tem me trazido resultados mais do que satisfatórios.

A gente vive a era do “é bom o suficiente“. Em outras palavras, se tudo o que você quer é postar fotos nos instagram-da-vida, o equipamento vai sobrar em qualidade.

Segue, abaixo, a minha galeria de fotos e os links de referência — alguns dos artigos que li, antes de comprar a minha Canon EF 70-300mm f/4.0-5.6 IS II USM.

Galeria de imagens

Infelizmente, tenho que “conter” a qualidade e os tamanhos das minhas imagens, aqui — para não tornar a página muito pesada. Se quiser ver com qualidade um pouco maior, confira o meu Instagram ou o meu perfil no Flickr.

Links afiliados

Objetiva Canon EF 70-300mm f/4.0-5.6 IS II USM: Pesquise os preços aqui!

Objetiva Canon EF 75-300mm f/4.0-5.6 III: https://amzn.to/3esAzER

Objetiva Canon EF-S 55-250mm IS STM: https://amzn.to/3esAzER

Objetiva Canon EF 70-300mm L IS USM: https://amzn.to/3bb9fsC

Tubos de extensão: https://amzn.to/3vQMyBM

Referências

Algumas análises que influenciaram a minha decisão em favor desta lente:

Review do Dustin Abbott: https://dustinabbott.net/2017/02/canon-ef-70-300mm-f4-5-6-ii-usm-review/

Review do Blog do zack (único em pt-br): http://blogdozack.com.br/index.php/portfolio/canon-ef-70-300mm-f4-5-6-is-ii-usm/

Review do Ken Rockwell: https://www.kenrockwell.com/canon/lenses/70-300mm-is-ii.htm

Review do Bryan Carnathan: https://www.the-digital-picture.com/Reviews/Canon-EF-70-300mm-f-4-5.6-IS-II-USM-Lens.aspx

Desmontagem da lente, pelo Lensrentals: https://www.lensrentals.com/blog/2017/01/opening-up-the-new-canon-70-300mm-f4-5-6-is-ii/

Se quiser mais informações e conteúdo, não se esqueça de dar uma espiada na minha hashtag #70-300mm.

Por Elias Praciano

— fã de séries, como "Love, Death & Robots", "Rick and Morty" e "Ray Donovan". Gosta de criar imagens, direto da câmera, com o mínimo de pós-produção. Há vários anos o seu livro favorito é Neuromancer, de William Gibson.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.