Encontre posts e pessoas incríveis no Instagram através das hashtags

As hashtags, ou apenas tags, são muito usadas nas redes sociais e nos blogs para ajudar a encontrar assuntos do seu interesse.

De acordo com a Wikipedia, as hastags são um tipo de etiqueta ou rótulo de metadados que facilita encontrar postagens dentro de um tema específico ou com um conteúdo determinado.

Ao clicar ou tocar em #floresazuis, no Instagram, você é levado às fotos em que as pessoas incluíram este rótulo.

Em inglês, o termo é uma junção do nome do símbolo # (hash) com a palavra tag (rótulo).

Se você prefere fazer sua própria busca no Instagram, o app tem mecanismos para facilitar a sua vida.

Siga estes passos:

  1. toque no ícone da lupa (ou lente)
  2. digite a #hashtag desejada
  3. à medida em que você digita, serão exibidas algumas sugestões relacionadas, com o número de posts em que elas se encontram. Você pode escolher uma delas, ou terminar de digitar a sua e tocar no ícone da lupa, no teclado virtual do dispostivo

instagram how to use hashtags

Eu gosto também de realizar buscas na versão web do Instagram, no desktop, como mostra a imagem abaixo.

Funciona do mesmo jeito, só que com a vantagem de que você vê as fotos em uma tela bem maior e não precisa sequer estar logado ou ter conta na rede (por enquanto).
instagram search desktop hashtag

10 dicas para aproveitar um celular Android velho

smartphone

Algumas pesquisas de mercado, conduzidas no Brasil, apontam para o fato de que as pessoas estão trocando seus aparelhos a cada 2 anos.
Toda vez que um usuário faz um upgrade, ele se pergunta sobre o que fazer com o aparelho antigo.
Partindo do pressuposto de que o aparelho “antigo” (com 2 anos de uso, em média) se encontra em boas condições de funcionamento e sem danos, é possível dar-lhe uma ou mais aplicações úteis, que podem tornar sua vida mais fácil e mais divertida.

Se ainda funciona, então não precisa estar obsoleto.
Há uma grande quantidade de possibilidades para um smartphone, com menos de 5 anos de uso — e eu pretendo explorar algumas delas, neste artigo.
Mesmo quebrado, dependendo dos danos, ainda é possível encaixar o aparelho em uma ou duas das aplicações abaixo.

Um smartphone médio, com 5 anos de uso, possuiu capacidade de processamento superior ao de um computador PC, dos anos 90. Em muitos casos, alguns aspectos de sua tecnologia supera a de satélites, lançados na década de 70 ou 80.

Se não tem alguém na sua família ou círculo de amizades para quem doar o aparelho, use-o como dispositivo secundário.

Console de video game

Muitos aparelhos ainda podem ser usados para jogos legados ou arcades clássicos. Um aparelho básico, lançado há 3 ou 4 anos, tem capacidade de processamento de sobra para jogos como Tetris, Forca, arcades clássicos etc.
Tire todos os “aplicativos sérios” e deixe apenas os jogos dentro dele.
Muitos clássicos da Nintendo ou de outras companhias, podem rodar dentro de emuladores, com tranquilidade.

controle snes
SNES Controller. Crédito da imagem http://www.deviantart.com/art/Realistic-Vector-SNES-Controller-Finished-401599423

É muito fácil parear um dispositivo Android com a TV, através do Google Chromecast — o que permite jogar com uma tela maior, na sala.
O Playstation 4 também aceita conexão com dispositivos Android, através de um simples aplicativo.

Apoio a atividades físicas

Em vez de levar o seu aparelho principal, vá com “o velho” para a academia ou para correr/caminhar na rua.
Remova todos os aplicativos desnecessários e deixe um player de músicas FLAC ou MP3 com um software de monitoramento de atividades físicas.

Use como computador

Se for possível conectar o aparelho a um monitor, será fácil conectar um teclado/mouse via Bluetooth a ele e usar como um computador Android.
Ou pode usá-lo como servidor de arquivos ou web interno.

Use no carro, como GPS ou player de música

Com um cartão SD, de alta capacidade, é possível transformar o aparelho em um player de músicas. Muitos carros vêm com o sistema de som totalmente integrado, o que torna difícil para o proprietário trocar por um equipamento mais moderno.
Se tiver uma entrada AUX (auxiliar) ou conexão Bluetooth, é possível conectar o aparelho e ouvir músicas de altíssima qualidade no som do carro — driblando muitos sistemas de som obsoletos que as montadoras ainda insistem em colocar nos carros novos.
Um aparelho de GPS exclusivo ou profissional pode bater qualquer celular com GPS. É como comparar câmeras DSLR com câmeras de celulares…
Mas, se você não tem um dispositivo de posicionamento global, mas tem um celular sobrando, pode usá-lo para executar esta tarefa dentro do veículo — além de tocar suas músicas preferidas.

Amplificador ou extensor da rede Wi-Fi

Você pode usar o aparelho como extensão da sua conexão Wi-Fi em locais onde ela não é muito boa, dentro da sua casa.
O aparelho pode ser usado, conectado a uma das portas USB do seu laptop, por exemplo, para captar o sinal da rede de uma posição mais privilegiada, por exemplo.
Com o uso de um aplicativo, com o fqrouter2, o smartphone pode ser usado como repetidor do sinal — mas isto vai exigir que o aparelho seja rooteado.

Porta-retratos digital

Você nunca pensou que teria um, não é?
Esta é a chance de ter um porta-retratos digital “grátis” – ou por um preço mais razoável – para a sua sala, para a mesa do escritório, para o criado-mudo etc.
O Google Play Store tem vários aplicativos neste sentido.
E não precisa ter uma grande quantidade de memória no aparelho, uma vez que as fotos usadas não precisam ser de altíssima resolução.
Você pode usar fotos de acordo com a resolução do aparelho.

Use como um baby monitor

Os dispositivos de monitoramento de crianças e recém-nascidos costumam ser caros.
Novamente, o Google Play Store tem aplicativos para satisfazer a esta necessidade, tanto para streaming de vídeo como de áudio.

Despertador

Há “toneladas” de apps para transformar o seu aparelho em um despertador multimídia na “lojinha” do Google.
As possibilidades de configuração são quase infinitas — aparência do relógio, toque musical etc.

Terminal de conferência de vídeo

Use-o como terminal de videoconferência, para o Google Hangouts, para Skype, com o appear.in etc.

Encontrar vida extra-terrestre

Com uma conexão Wi-Fi, você pode se cadastrar no SETI, instalar um aplicativo no seu aparelho e fazer parte de um projeto internacional de computação distribuída — para analisar sinais de rádio, vindos do espaço.
Saiba mais sobre como ajudar projetos humanitários e científicos com o seu smartphone.


Além destas aplicações, há centenas de outras possibilidades, limitadas apenas pela sua imaginação e criatividade.
Use a sessão de comentários para compartilhar com outros leitores as suas ideias de uso de um smartphone velho.

Como a geek Margaret Hamilton, mudou a história da Ciência da Computação e salvou a missão para a Lua

Seu trabalho, como engenheira de software, foi fundamental para o sucesso da missão que levou o primeiro ser humano à lua, em 1969.
Há quase 50 anos, a humanidade deixou sua primeira marca na Lua, no decorrer da missão Apollo 11.
Linda Hamilton in Apollo Mission
O trabalho duro e a colaboração de 400 mil pessoas foi vital para o sucesso da empreitada e a segurança dos astronautas Neil Armstrong, Buzz Aldrin e Michael Collins.

Margaret H. Hamilton, liderou a equipe que criou o software de voo, embarcado nos módulos de comando e nos módulos lunares das missões Apollo da NASA.
Matemática e cientista da computação, dona de uma empresa de software, Hamilton contribuiu para a formação dos conceitos de softwares assíncronos, agendamentos prioritários e priority displays, entre outros, que ajudaram a fortalecer os fundamentos da engenharia e projeção de softwares atuais.

Margaret Hamilton fez parte desta imensa equipe, de centenas de milhares de pessoas, envolvidas na missão à Lua.

Seu trabalho garantiu, não somente, o sucesso de todas as missões à Lua, mas também a ida e a volta em segurança de todos os astronautas.

A história

Em Agosto de 1961, a NASA entrou em contato com o MIT (Massachusetts Institute of Technology), com a tarefa de desenvolver o sistema de navegação para a nave Apollo.

Hamilton, uma programadora de computadores, se destacou na liderança de uma divisão de engenharia de software do instituto.

Foi pioneira da ciência da computação, que ganhou novo rumo a partir do seu trabalho.
maragaret_hamilton-6561
Vale dizer que o termo software engineering (engenharia de software) foi cunhado por ela.

Sua abordagem rígida na prospecção, construção e testes dos sistemas de softwares para o Apollo foram fundamentais para o sucesso da missão — “Não haveria uma segunda chance. Todos sabíamos disso”.

Isto ficou provado em 20 de Julho de 1969, quando, minutos antes de Armstrong e Aldrin pousarem na Lua, o software se sobrepôs a um comando para mudar o sistema de prioridade do computador de vôo para um sistema de radar.

A ocorrência foi relatada por um “alarme 1202” que permitiu a todos saber que o computador de orientação estava desconsiderando tarefas secundárias (como o radar de comunicação) para se concentrar na direção do motor de descida e fornecer informações de pouso para a tripulação.

Armstrong e Aldrin pousaram na Lua, em vez de abortar o procedimento devido a supostos problemas de computador.

De fato, o software de orientação da Apollo era tão robusto que nenhum erro foi encontrado em nenhuma missão tripulada da Apollo e foi adaptado para uso no Skylab, o ônibus espacial e os primeiros sistemas digitais fly-by-wire em aeronaves.

Bill Gates, Melinda Gates, Margaret Hamilton and Obama at the White House
Bill Gates, Melinda Gates, Margaret Hamilton e o presidente Barack Obama.

Hamilton foi homenageada pela NASA em 2003. Foi-lhe oferecido um prêmio especial, reconhecendo o valor de suas inovações no desenvolvimento do software da Apollo.
O prêmio incluiu o maior valor financeiro que a NASA já havia dado a qualquer indivíduo até esse momento.
Em 2016, foi homenageada na Casa Branca, pelo presidente Obama.

Referências

Encontrando Alternativas para chats de voz

Maioria dos programas dedicados a gamers não tem suporte para Linux. Uma das saídas é usar o Wine para conseguir rodar, com a ajuda do Play On Linux o trabalho fica fácil quando disponível, mas sem ele se torna uma dor de cabeça  grande tentar rodar um programa do Windows no Linux. Um desafio recente foi rodar um chat de voz que era comum entre amigos, porem nenhuma das alternativas para instalar ele haviam sido efetivas. Quando não se consegue usar programa desejado de jeito nenhum, opte por um programa que seja semelhante e que quebre as barreiras sociais existentes entre os sistemas operacionais. Uma dessas opções é Mumble um programa leve que a não atrapalha na performance e que possui versões para Windows, Linux e Mac

Mumble não é um programa belo, é simples e direto. Ganha pontos na leveza e versatilidade.

mumble3

A instalação no Linux é bem simples, com 3 linhas de comando ele já está pronto para ser usado.

Ubuntu

sudo add-apt-repository ppa:mumble/release
sudo apt-get update
sudo apt-get install mumble


Conta com um bom sistema para configurar a entrada e saída de som ao iniciar o programa pela primeira vez.mumble2.

Não possui a necessidade contas para criação de salas ou entrar nos servidores. Basta localizar o servidor mais próximo que possua uma boa latência, escolher um nick, conectar e escolher uma sala para ficar com os amigos. mumble4

 

Lado negativo é que as salas são publicas e falta privacidade. No Linux pode gerar uma ligeira desconfiguração no som das demais atividades feitas no computador, durante o uso do Mumble.

Pequenos problemas a parte ele é super rápido de instalar e em caso de estar usando um computador diferente do habitual você seus amigos podem instalar rapidinho enquanto carrega a partida do seu MOBA preferido(Como League of Legends).

Comunicação é a chave para vitoria, bom jogo.

Navegue mais com a função de economia da bateria do Opera

O navegador Opera tem 2 funções que ajudam a economizar a banda e a bateria do seu aparelho.
A função Turbo, também presente em outros navegadores, é tradicional no Opera.
O modo de economia de bateria funciona integrado a outros instrumentos em seu notebook e smartphone para ajudar a manter o seu equipamento longe da tomada por mais tempo.
opera software logo
Eu testei as duas opções em um notebook com o sistema operacional Debian 9 Stretch e achei o resultado surpreendente.

Como ligar a função Turbo no Opera

Você pode navegar mais rápido na Internet, mesmo com conexão lenta — e ainda gastar menos da sua franquia de dados.
Ele funciona assim: ao requisitar uma página, o conteúdo é primeiramente comprimido nos servidores do Opera e, depois, enviado para você.
Quando os dados chegam no seu dispositivo, são descomprimidos e exibidos.
Para ativar esta função, toque no ícone do Menu e selecione Opera Turbo.
Opera turbo function

Use a função de economia do Opera para poupar a sua bateria

Esta função vai ajudar a navegar na Internet por mais tempo, quando o seu laptop estiver desplugado da rede elétrica.
Para ativar esta opção, quando o notebook estiver desconectado da rede elétrica, clique no ícone da bateria, no canto superior direito da tela do navegador.
opera economia de energia
Você pode fazer isto também pelas configurações do navegador.
Clique no ícone Menu e selecione Configurações. Role o painel até a seção Economia da bateria e selecione as 2 opções:

  • Habilitar a economia de bateria
  • Economizar bateria automaticamente quando desconectado

O desempenho da economia da bateria

A equipe do Opera preparou um vídeo que demonstra a eficiência deste item. Veja, abaixo:

Obviamente, o melhor teste, é você quem faz.
Os números da empresa que faz o Opera, mostram um desempenho até 35% superior ao de outros navegadores — o blog (link no final) aponta um número de 50%.
De acordo com o teste, os usuários puderam usar o Opera por 1:00h a mais, em relação ao Google Chrome.
Opera battery life
Infelizmente, não conduziram testes com o Mozilla Firefox — o que é compreensível, pois não era bem este o aplicativo que os engenheiros do Opera queriam bater.

“Exceto pelo aviso para ativar o recurso, a maior parte da mágica da economia de bateria acontece em segundo plano. Por exemplo, quando a economia de bateria está ativada, ela reduz a atividade nas guias em segundo plano, pausa automaticamente os plug-ins desnecessários e pausa as animações do tema do navegador até que você possa carregar o laptop. Assim, você continua aproveitando a velocidade e as funcionalidades do Opera da melhor maneira possível!” — equipe do Opera.

Não há mágica.
Os desenvolvedores do Opera conseguiram obter um melhor rendimento com a bateria do laptop ajustando alguns itens do navegador:

  • Redução da atividade nas abas que não estão tendo a sua atenção momentânea.
  • Ativando menos a CPU em função do JavaScript.
  • Pausa automática dos plug-ins, sem uso.
  • Redução do frame rate para 30 FPS.
  • Ajuste dos parâmetros de reprodução de vídeo (video-playback) forçar o uso dos codecs de aceleração do hardware de vídeo.
  • Pausa forçada de animações nos temas do navegador.
  • Quando ativado, inclui o ad blocker, que salva um pouco mais de bateria.

Referências

http://help.opera.com/opera/Linux/2308/en/viewPages.html#batterySaver.
https://www.opera.com/blogs/desktop/2016/06/over-the-edge/.