Como editar suas fotos no Instagram

Há “duzentos” anos atrás, quando comecei a usar o Instagram, eu recorria muito aos filtros prontos que a plataforma oferecia.

Depois de algum tempo, é natural querer aplicar sua própria edição às fotos e deixar a sua marca pessoal na rede social.

Infelizmente, até o momento (fim do fatídico ano de 2020), o Instagram ainda não nos permite salvar nossos ajustes, para criar nossos filtros personalizados — isso seria realmente incrível! Quem sabe no futuro…

Por enquanto vamos ver o que é possível fazer no módulo de edição do Instagram.

Use um filtro junto com a sua edição

Você pode editar as suas fotos e, quando terminar tudo, aplicar o seu filtro favorito — ou vice-versa.

Com estas combinações, é possível obter efeitos realmente exclusivos para as suas imagens na rede social.

Por exemplo, você pode aplicar o filtro Mayfair e depois dar uma caprichada extra na temperatura da imagem — para ela ficar mais “quente”.

Use as edições com moderação…

ou não! 😉

Não existe o certo ou errado, aqui. Faça as suas escolhas artísticas de acordo com o que você acha que fica mais bonito.

Ser moderado, durante a edição, não é uma regra — é apenas uma sugestão ou uma linha guia.

É como a maquiagem: você prefere mais carregada ou mais leve, quase imperceptível?

Você decide.

As opções de edição de imagens do Instagram

tela do Instagram
Opções de edição de imagens no Instagram
  • Ajuste — O primeiro item permite reajustar a imagem, horizontalmente e verticalmente. É possível aplicar alguns efeitos de perspectiva forçada, que podem tornar mais interessante (ou surreal) a sua imagem. O mais comum, é usar esta ferramenta quando você percebe que a linha do horizonte (na praia, por exemplo) não ficou “perfeitamente alinhada ao horizonte”.

A minha sugestão é sempre alinhar as suas imagens, se for necessário, antes de postar — ou, se preferir a imagem desalinhada, aplique o desalinhamento com vontade, para ficar claro que foi intencional.

  • Brilho — Aqui, é possível corrigir problemas de exposição. Você pode escurecer, se a foto ficou muito clara ou clarear, se a foto ficou muito escura.

Use com moderação, por que o clareamento excessivo pode introduzir ruídos, entre outros problemas, na imagem.

Contraste — Este ajuste vai aumentar a diferença entre as áreas claras e as áreas mais escuras.

Estrutura — O recurso de ajuste de estrutura é comumente usado para resolver problemas de imagens ligeiramente desfocadas. Pessoalmente, jogo fora as fotos desfocadas — detesto ter que corrigir este tipo de problema depois. Principalmente retratos de pessoas.

Contudo, a ferramenta estrutura pode ser usada para recuperar detalhes de uma paisagem ou trazer um pouco mais de dramaticidade a um retrato.

Aplicada a um retrato, pode enfatizar mais a textura do rosto — realçando os olhos, as rugas, os poros, as expressões da boca etc. Algumas pessoas vão gostar, outras irão detestar.

Temperatura — Este recurso pode dar mais controle à sensação que você deseja passar com a sua imagem — um ambiente mais quente ou mais frio.

Também pode ser usado para corrigir a coloração dada por diferentes fontes de luz a uma foto.

Se você fez um retrato à contraluz do sol (que é uma luz quente), no fim da tarde e usou o flash (que é uma luz fria) para obter um “preenchimento”, pode usar a temperatura para equilibrar a coloração da sua imagem.

Saturação — Para simplificar, é possível intensificar as cores da sua foto ou reduzir, até chegar ao preto e branco.

Cor — A ferramenta de cor, permite aplicar uma coloração às sombras (parte escura da imagem) e outra coloração às altas-luzes.

Às vezes, uso um pouquinho de vermelho ou azul nas sombras, para ajustar o contraste. Experimente e veja, por si, se gosta de usar este recurso.

Toque duas vezes sobre um dos círculos de cor para ajustar a intensidade de sua aplicação.

Toque 2x sobre um círculo colorido, dentro do módulo Cores, para controlar a intensidade de aplicação do efeito.

Esmaecer — A ferramenta aplica um efeito de “esmaecimento” nas imagens, dando um aspecto de foto antiga, desgastada, com cores “lavadas”.

Realce — Controla a intensidade das altas-luzes (highlight), ou seja, o brilho das partes mais claras da sua imagem.

Sombras — Em contraste com a ferramenta de realce, controla a intensidade das sombras, ou partes escuras da sua imagem. Aliás, vocẽ pode usar as duas ferramentas (realce e sombras), complementarmente, para ajustar o contraste.

Vinheta — Escurece as bordas da imagem. Pode ser usada para dar um tom mais intimista a um retrato ou a uma cena e guiar o olhar de quem vê para o centro de interesse da imagem.

Tilt shift — Permite escolher uma região da sua imagem para manter a nitidez já existente e “borrar” ou “desfocar” o restante. Tal como a vinheta, pode ser usado para criar um ponto de interesse, para guiar o olhar do espectador.

Nitidez — Semelhante à ferramenta estrutura, aumenta a nitidez geral da imagem, sem exagerar detalhes. Eu sugiro usar “uma pitadinha” das duas, se quiser realçar melhor os detalhes da imagem.

Conhece o Projeto Gutenberg? Ele oferece milhares de livros gratuitos para você.

O Projekt Gutenberg oferece mais de 54 mil livros grátis para você baixar e ler aonde quiser.
Pode imprimir, ler na tela do computador, do celular, do tablet ou do leitor de ebooks (e-reader).

É claro que você precisa adequar as suas expectativas.
Não vai encontrar os ‘best sellers’ atuais nestas estantes.

Se não vai encontrar best sellers, como Harry Potter… com certeza encontrará grandes clássicos sumidos das prateleiras das grandes livrarias e, talvez, das bibliotecas.
A maior parte do acervo do projeto é composto por trabalhos cujos direitos autorais já expiraram, ou seja, se encontram em domínio público.
Não há conteúdo ilegal, aqui.
Milhares de voluntários, espalhados pelo mundo, ajudam a manter este lindo e importante projeto.
Embora não precise pagar nada, o projeto vive de doações.

Se for útil para você, doe de volta o valor que você pagaria por um livro, de vez em quando.

Os formatos dos livros

Além de encontrar alguns títulos em áudio, voltados ao público com deficiências visuais, o projeto disponibiliza conteúdo em PDF, TXT (puro texto), HTML e vários otimizados para plataformas de leitura digital, como o Kindle ou o Kobo.

O site do projeto

Você pode acessar a página do projeto em Português ou a versão original.
Como o site não é otimizado para navegação em telas pequenas, como celular ou e-reader, pode ser necessário dar zoom em algumas partes para ter uma melhor visualização de algum detalhe.
Fora isto, o site é feito para ser explorado.
Os livros podem ser encontrados em diferentes idiomas, mas o predominante é o inglês.
Ainda assim, milhares de títulos estão em português. É perceptível a forte presença da comunidade que fala o nosso idioma, no sentido de disponibilizar e organizar conteúdo.
Apenas explore o site… 😉

A partir de Janeiro de 2019 espera-se um boom de centenas de novas obras chegando, em domínio público, tal como “Bambi” e “O Profeta”, de Khalil Gibran.

O que você anda lendo ultimamente?

Encontre posts e pessoas incríveis no Instagram através das hashtags

As hashtags, ou apenas tags, são muito usadas nas redes sociais e nos blogs para ajudar a encontrar assuntos do seu interesse.

De acordo com a Wikipedia, as hastags são um tipo de etiqueta ou rótulo de metadados que facilita encontrar postagens dentro de um tema específico ou com um conteúdo determinado.

Ao clicar ou tocar em #floresazuis, no Instagram, você é levado às fotos em que as pessoas incluíram este rótulo.

Em inglês, o termo é uma junção do nome do símbolo # (hash) com a palavra tag (rótulo).

Se você prefere fazer sua própria busca no Instagram, o app tem mecanismos para facilitar a sua vida.

Siga estes passos:

  1. toque no ícone da lupa (ou lente)
  2. digite a #hashtag desejada
  3. à medida em que você digita, serão exibidas algumas sugestões relacionadas, com o número de posts em que elas se encontram. Você pode escolher uma delas, ou terminar de digitar a sua e tocar no ícone da lupa, no teclado virtual do dispostivo

instagram how to use hashtags

Eu gosto também de realizar buscas na versão web do Instagram, no desktop, como mostra a imagem abaixo.

Funciona do mesmo jeito, só que com a vantagem de que você vê as fotos em uma tela bem maior e não precisa sequer estar logado ou ter conta na rede (por enquanto).
instagram search desktop hashtag

Review de aplicativo Android: Candy Camera – Selphie Photo

selfies camera

Não sou da turma que adora tirar selfies… mas eu te entendo! 😉
Se você não consegue parar esta mania (e por que deveria?) e tem um aparelho Android — então, com certeza, há alguns aplicativos que você precisa conhecer. Eles vão te ajudar a se divertir ainda mais e tirar fotos realmente bacanas com o seu smartfone.
Apps específicos para tirar selfies, oferecem vários recursos de edição e efeitos, que podem dar destaque especial às suas imagens.
Aliás, todos os efeitos e esforço dos desenvolvedores tendem a se concentrar nesta categoria de fotografia. Por isto é que são melhores do que o app de câmera genérico do seu smartfone.
Não esqueça de ler também “Dicas para tirar as melhores selfies” — texto com informações técnicas complementares a este post.

Candy Camera

candid camera google play
O Candy Camera é um dos apps mais conhecidos e tem uma interface bem intuitiva para quem ama tirar selfies.
O que chama atenção neste app é a sua versatilidade para tirar snapshots em tempo real, com aplicação de alguns de seus filtros de melhoramento da imagem.
Ele oferece a facilidade de reaplicar os filtros com o gesto de arrastar (com o dedo) para o lado, sobre a tela.
Adicionalmente, o app provê uma gama de ferramentas e funções, tal como o clareamento, o eyeliner e alguns stickers.
O modo silencioso, é algo que considero imprescindível — e o aplicativo tem!
Silenciar a câmera, permite tirar suas selfies discretamente, quando há outras pessoas por perto.

halloweeh candy camera selfie effect
Tem efeitos para datas especiais do ano, como o Halloween!

Já fiquei em situação desconfortável, por causa do som do obturador do aplicativo que tira screenshots da tela do meu laptop.
Este som, é a última coisa que você vai querer, ao tirar selfies em público…

candid camera sticker carnaval

Vantagens

  • Tem um modo de capturas em vídeo e é um dos apps com maior quantidade de funções de embelezamento da foto e efeitos especiais
  • Tem muitos filtros, para dar asas à sua criatividade e permite também adicionar quadros (frames)
  • Stickers e modo de colagem
  • Modo silencioso, que protege a sua privacidade
  • Você pode usar suas próprias fotos, que já se encontram no seu dispositivo, e trabalhar em cima delas

Desvantagens

  • Alguns dos recursos premium precisam ser pagos. Isto não é exatamente uma coisa ruim — afinal, o pessoal que desenvolveu um app tão legal, também precisa pagar suas contas, não é?
  • Você pode se incomodar que ele esteja em inglês, mesmo sendo todo visual e intuitivo
  • Alguns controles são minúsculos e podem ser desconfortáveis para quem tem dedos maiores e tela muito pequena

Você pode ver alguns exemplos de uso, no site oficial do app: https://www.instagram.com/candycameraofficial/.
Para fazer o download, clique neste link: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.joeware.android.gpulumera.

Referências

http://www.hongkiat.com/blog/android-selfie-enhance-apps/.

10 dicas para aproveitar um celular Android velho

smartphone

Algumas pesquisas de mercado, conduzidas no Brasil, apontam para o fato de que as pessoas estão trocando seus aparelhos a cada 2 anos.
Toda vez que um usuário faz um upgrade, ele se pergunta sobre o que fazer com o aparelho antigo.
Partindo do pressuposto de que o aparelho “antigo” (com 2 anos de uso, em média) se encontra em boas condições de funcionamento e sem danos, é possível dar-lhe uma ou mais aplicações úteis, que podem tornar sua vida mais fácil e mais divertida.

Se ainda funciona, então não precisa estar obsoleto.
Há uma grande quantidade de possibilidades para um smartphone, com menos de 5 anos de uso — e eu pretendo explorar algumas delas, neste artigo.
Mesmo quebrado, dependendo dos danos, ainda é possível encaixar o aparelho em uma ou duas das aplicações abaixo.

Um smartphone médio, com 5 anos de uso, possuiu capacidade de processamento superior ao de um computador PC, dos anos 90. Em muitos casos, alguns aspectos de sua tecnologia supera a de satélites, lançados na década de 70 ou 80.

Se não tem alguém na sua família ou círculo de amizades para quem doar o aparelho, use-o como dispositivo secundário.

Console de video game

Muitos aparelhos ainda podem ser usados para jogos legados ou arcades clássicos. Um aparelho básico, lançado há 3 ou 4 anos, tem capacidade de processamento de sobra para jogos como Tetris, Forca, arcades clássicos etc.
Tire todos os “aplicativos sérios” e deixe apenas os jogos dentro dele.
Muitos clássicos da Nintendo ou de outras companhias, podem rodar dentro de emuladores, com tranquilidade.

controle snes
SNES Controller. Crédito da imagem http://www.deviantart.com/art/Realistic-Vector-SNES-Controller-Finished-401599423

É muito fácil parear um dispositivo Android com a TV, através do Google Chromecast — o que permite jogar com uma tela maior, na sala.
O Playstation 4 também aceita conexão com dispositivos Android, através de um simples aplicativo.

Apoio a atividades físicas

Em vez de levar o seu aparelho principal, vá com “o velho” para a academia ou para correr/caminhar na rua.
Remova todos os aplicativos desnecessários e deixe um player de músicas FLAC ou MP3 com um software de monitoramento de atividades físicas.

Use como computador

Se for possível conectar o aparelho a um monitor, será fácil conectar um teclado/mouse via Bluetooth a ele e usar como um computador Android.
Ou pode usá-lo como servidor de arquivos ou web interno.

Use no carro, como GPS ou player de música

Com um cartão SD, de alta capacidade, é possível transformar o aparelho em um player de músicas. Muitos carros vêm com o sistema de som totalmente integrado, o que torna difícil para o proprietário trocar por um equipamento mais moderno.
Se tiver uma entrada AUX (auxiliar) ou conexão Bluetooth, é possível conectar o aparelho e ouvir músicas de altíssima qualidade no som do carro — driblando muitos sistemas de som obsoletos que as montadoras ainda insistem em colocar nos carros novos.
Um aparelho de GPS exclusivo ou profissional pode bater qualquer celular com GPS. É como comparar câmeras DSLR com câmeras de celulares…
Mas, se você não tem um dispositivo de posicionamento global, mas tem um celular sobrando, pode usá-lo para executar esta tarefa dentro do veículo — além de tocar suas músicas preferidas.

Amplificador ou extensor da rede Wi-Fi

Você pode usar o aparelho como extensão da sua conexão Wi-Fi em locais onde ela não é muito boa, dentro da sua casa.
O aparelho pode ser usado, conectado a uma das portas USB do seu laptop, por exemplo, para captar o sinal da rede de uma posição mais privilegiada, por exemplo.
Com o uso de um aplicativo, com o fqrouter2, o smartphone pode ser usado como repetidor do sinal — mas isto vai exigir que o aparelho seja rooteado.

Porta-retratos digital

Você nunca pensou que teria um, não é?
Esta é a chance de ter um porta-retratos digital “grátis” – ou por um preço mais razoável – para a sua sala, para a mesa do escritório, para o criado-mudo etc.
O Google Play Store tem vários aplicativos neste sentido.
E não precisa ter uma grande quantidade de memória no aparelho, uma vez que as fotos usadas não precisam ser de altíssima resolução.
Você pode usar fotos de acordo com a resolução do aparelho.

Use como um baby monitor

Os dispositivos de monitoramento de crianças e recém-nascidos costumam ser caros.
Novamente, o Google Play Store tem aplicativos para satisfazer a esta necessidade, tanto para streaming de vídeo como de áudio.

Despertador

Há “toneladas” de apps para transformar o seu aparelho em um despertador multimídia na “lojinha” do Google.
As possibilidades de configuração são quase infinitas — aparência do relógio, toque musical etc.

Terminal de conferência de vídeo

Use-o como terminal de videoconferência, para o Google Hangouts, para Skype, com o appear.in etc.

Encontrar vida extra-terrestre

Com uma conexão Wi-Fi, você pode se cadastrar no SETI, instalar um aplicativo no seu aparelho e fazer parte de um projeto internacional de computação distribuída — para analisar sinais de rádio, vindos do espaço.
Saiba mais sobre como ajudar projetos humanitários e científicos com o seu smartphone.


Além destas aplicações, há centenas de outras possibilidades, limitadas apenas pela sua imaginação e criatividade.
Use a sessão de comentários para compartilhar com outros leitores as suas ideias de uso de um smartphone velho.