Como encontrar os arquivos mais recentes via terminal

Se você abrir o Nautilus ou qualquer outro gestor de arquivos, você vai encontrar a opção “Arquivos recentes”, em algum canto da janela.

Mas será possível obter uma lista dos arquivos mais recentes no terminal?! Usando o Bash?!

O Nautilus exibe os arquivos mais recentes.

Claro que sim!

Veja como usar o comando find, para obter uma lista dos últimos arquivos, modificados, dentro dos últimos 3 dias, ou seja, dentro das últimas 72h:

find . -type f -mtime -3

Se preferir o tempo em minutos, use o comando assim:

find . -type f -mmin -10

Vamos explicar o comando, acima:

  • find . informa o Bash para buscar tudo (.)
  • -type f restringe a busca para arquivos do tipo comum
  • -mmin O comando acima, exibe os arquivos modificados dentro dos últimos 10 minutos.

Você ainda pode especificar os arquivos, adicionando a opção -name. No exemplo, abaixo, o comando find é usado para encontrar os arquivos “*.jpg”, modificados nos últimos 2 dias (2*24h):

find . -type f -mtime -2 -name "*.jpg"

Você pode usar “valores quebrados” ou fracionários. Por exemplo 4,2 significa 100,8h (4,2*24h). Um valor bastante comum é 0,5 — para as últimas 12h.

Você pode também usar -mtime 0 para pesquisar arquivos modificados dentro das últimas 24h.

Minha lista de arquivos criados dentro dos últimos 2 minutos

Como listar os últimos arquivos criados?

Até aqui, mostramos como exibir os últimos arquivos modificados, no seu sistema. Já para obter uma listagem dos últimos arquivos criados, use as opções –ctime e –cmin. Veja alguns exemplos.

Para obter uma lista dos últimos arquivos de imagem “*.jpg” criados, nos últimos 3 dias, use o comando find, assim:

find . -type f -ctime -3 -name "*.jpg"

Elias Praciano

— fã de séries, como "Love, Death & Robots", "Rick and Morty" e "Russian Doll". Gosta de criar imagens, direto da câmera, com o mínimo de pós-produção. Há vários anos o seu livro favorito é Neuromancer, de William Gibson.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Post comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: