Para que servem as múltiplas câmeras no smartphone?

É muito comum, os celulares virem com múltiplas câmeras/lentes. O Nokia PureView tem 5 câmeras.

Neste texto, vou tentar explicar para que serve cada uma das câmeras dos celulares.

Cada câmera tem uma lente na frente e um sensor interno. A lente direciona a luz para o sensor captar e gravar as imagens.

Conjunto de câmeras traseiras no Lenovo/Motorola G 100 5G.

A qualidade do conjunto lente + sensor é o que afeta o resultado da imagem final.

Basicamente, as câmeras tem sensores com maior ou menor resolução, de acordo com a sua finalidade (que é determinada, geralmente, pela lente).

As lentes se dividem em grande-angular, normal (standard), telefoto e macro.

Lentes grande-angulares

As grande-angulares podem enquadrar mais partes do cenário na foto.

Este tipo de lente tem um ângulo bem aberto de “visão” e consegue captar uma cena bem ampla para o sensor registrar.

Elas são ideais para espaços internos e pequenos. Com uma super grande-angular, é possível registrar tudo que está dentro de um banheiro pequeno, por exemplo.

Uma grande-angular normal permite enquadrar várias pessoas, dentro de uma só foto — para uma selfie em grupo.

Fotografia de paisagens é outro uso muito comum para as lentes grande-angulares.

Especificações técnicas das câmeras do Motorola G10: uma das câmeras possui uma lente ultra grande angular, de 118º.

Quando vocẽ for olhar as especificação de um celular, antes de comprar, procure pelo “campo de visão”, que é indicado em graus. Quanto maior o grau, mais amplo é o campo de visão.

As lentes grande angulares tem campo de visão superior a 80º. A partir de 114º, já são consideradas ultra grande angulares (ou ultra-wide angle).

Lentes telephoto

Na outra ponta, há as lentes telephoto, telefoto ou teleobjetivas.

Elas fazem o contrário das grande-angulares, fechando o enquadramento, de forma que vai caber menos coisas na sua composição. Como resultado, aproximam mais o assunto.

Em outras palavras, as “tele”, são responsáveis pelo zoom óptico do seu celular.

São muito usadas para retratos, para obter aquele desfoque de fundo — também chamado de bokeh — que ajuda a separar o assunto do restante do ambiente.

Conjunto de câmeras no Samsung Galaxy A52.

As teleobjetivas têm ângulo de campo de visão inferior 28º. Uma super tele, tem campo de visão ainda menor — inferior a 7º.

As super teleobjetivas são ideais para fotografia de esportes, pássaros e vida selvagem.

Lentes normais

As lentes normais, pra resumir, são aquelas que tem campo de visão ao redor de 72º, ou seja, estão entre as grande angulares e as teleobjetivas.

Ainda, no exemplo do Motorola G10, todas as outras lentes são “normais” (standard) — de 79º a 81º. A lente macro, que já entra “um pouquinho” campo de visão das teleobjetivas (85º).

Lentes macro

As lentes macro têm uma outra capacidade, concorrente com o campo de visão. Elas são capazes de focalizar objetos muito próximos — o que permite obter imagens detalhadas de pequenos insetos, de flores, entre inúmeros outros objetos.

P2200028 A
Foto de Quang Nguyen: exemplo de fotografia macro, no Flickr.

Lentes olho de peixe

Pode ser também chamada de ultra grande-angular “extrema”. São lentes que oferecem ângulos a partir de a 180º.

O campo de visão delas, compreende tudo o que está à frente e ao lado da câmera.

City of London
Foto de Neil Donaldson: exemplo de foto da cidade com uma lente olho-de-peixe.

Sensor monocromático

Algumas câmeras de smartphones podem vir com sensor monocromático. Um das características deste tipo de sensor é obter imagens com maior nitidez — e são preferidos por alguns fotógrafos.

Como a maioria das pessoas prefere transformar suas fotos em P&B depois, na edição, estes celulares são raros.

O Huawei P20 tem uma câmera — com lente e sensor mono — feita pela Leica, de altíssima qualidade.

Sensor de profundidade

É possível encontrar câmeras com sensores de profundidade — que ajudam o software do smartphone a compor imagens com um bokeh mais acentuado e melhorar a renderização da realidade aumentada.

Os celulares mais caros, contudo, estão substituindo este tipo de sensor pelas informações combinadas que podem obter das outras câmeras.

Tudo em um só lugar

Estas são os tipos de sensores e lentes que podem estar presentes nas câmeras do seu celular.

Alguns softwares, em alguns smartphones, combinam as imagens obtidas de 2 ou mais câmeras/lentes para formar uma só, com algum efeito especial.

Por exemplo, um retrato com um desfoque de fundo mais acentuado, pode ser obtido a partir da combinação das imagens da lente normal com a telephoto.

Vale a pena pagar mais pra ter ter smartphone com várias lentes?

Em contraste com estes aparelhos, o Google Pixel 3 e o Google Pixel XL, são exemplos de smartphones com apenas 1 câmera traseira.

Os resultados do Google Pixel não são tão bons quanto os dos aparelhos com várias câmeras, mas o celular tenta compensar as diferenças com recursos de software.

É uma corrida que não dá pra ganhar, por que os outros fabricantes também podem pegar os resultados melhores de suas câmeras e aplicar recursos computacionais para melhorá-los ainda mais.

As versões mais atuais do Google Pixel, passaram a vir com 3 ou mais câmeras — desta forma, o software tem mais informações para trabalhar.

No final das contas, todos os celulares atuais já têm câmeras excelentes. Eu concordo com aqueles que dizem que, há mais de 10 anos não existe mais câmera ruim no mundo.

Pessoalmente, não compro mais celular baseado na câmera, mas em outros recursos, que se tornaram mais importantes.

Tirar ou não fotos boas depende de você estudar e entender técnicas de composição e de fotografia, muito mais do que do seu celular.

Saiba como acompanhar os posts do site.

Elias Praciano

— fã de séries, como "Love, Death & Robots", "Rick and Morty" e "Ray Donovan". Gosta de criar imagens, direto da câmera, com o mínimo de pós-produção. Há vários anos o seu livro favorito é Neuromancer, de William Gibson.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Post comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: