Review da objetiva Canon EF 50mm f/1.8 STM, com 1 ano de uso.

Eu tenho lentes 50mm há bem mais tempo que um ano. Antes da “cinquentinha” da Canon, eu já usava a versão f/1.4 e a Yongnuo f/1.8.

Se você clicar na hashtag 50mm, vai ver que é uma das minhas distâncias focais favoritas, qualquer que seja a marca ou modelo da lente. Se eu só pudesse ter uma lente no meu kit, não vejo por que não poderia ser esta.

Canon EF 50mm f/1.8 STM – vista parcial do elemento frontal da objetiva.

Como em todo review, me deixe começar pelos especificações técnicas (pule esta parte, se você não gosta) — e não esqueça de ver a galeria de imagens, no final, seguida da minha conclusão!

Especificações técnicas da Canon EF 50mm f/1.8 STM

Por mais simples que possa parecer, a Canon colocou alguns itens e recursos nesta lente que saltam aos olhos. O gosto pessoal de cada um, eu não discuto, mas a relação custo/benefício desta objetiva é inegável.

A Canon EF 50mm f/1.8 STM
Nome da objetivaCanon EF (Electronic Focus) 50mm f/1.8 STM (STepper Motor)
Data de lançamentoMaio/2015
PreçoUS$ 125.00 (pesquise aqui)
Menor distância focal
Diâmetro do filtro
Magnificação (macro)
35cm
49mm
0,21X
Ângulo diagonal de visão46º (fullframe) /73,6º (APS-C)
Peso/diâmetro/comprimento159 g/7 cm/4 cm
Óptica6 elementos em 5 grupos
Diafragma7 lâminas circulares
Menor/maior abertura22/1.8
Estabilização ópticaNão
Sistema de focalizaçãoInterna e full time manual.
Vedação e resistência à água e poeiraNão.
Alguns aspectos técnicos da Canon EF 50mm f/1.8mm STM

O lançamento da objetiva e as melhorias

Canon EF 50mm /1.8 STM. Mudanças em relação à versão anterior: agora o anel de foco é emborrachado e mais agradável de se usar.

Lançada em 2015, para substituir a Canon EF 50mm f/1.8 II, que já tinha 25 anos de estrada e clamava por uma aposentadoria digna, a atual carrega a mesma óptica da sua antecessora. O que muda é o que vem ao redor dela — uma nova embalagem e um novo motor de autofoco.

Em relação à versão anterior, a atual também ganhou 2 lâminas a mais no diafragma, a possibilidade de fazer foco 10 cm mais perto do assunto e um fator de magnificação 40% maior.

Eu não levaria esta lente para um casamento, mas tenho certeza de que ela daria conta do recado. Tem autofoco rápido, preciso e nitidez suficiente na abertura máxima.

O preço e a concorrência

Se você precisa desta distância focal e não pode arcar com o preço de uma nova, a sugestão é procurar uma usada.

Entre as concorrentes, a mais próxima é a versão da Yongnuo YN 50mm f/1.8, que custa aproximadamente a metade. Eu tenho uma — e gosto muito do #bokeh dela — mas nunca é a minha opção quando preciso voltar pra casa com o trabalho feito.

Da esquerda para a direita: Yongnuo YN 50mm f/1.8, Canon EF 50mm f/1.8 STM e Canon EF 50mm f/1.4 USM.

O desempenho macro da objetiva

Se você precisa deste recurso, a recomendação é procurar em outro lugar, uma vez que ela não tem um projeto óptico voltado para este tipo de fotografia.

Contudo, é possível chegar bem próximo do assunto e obter, por exemplo, um belo close up do olhar e um bokeh perfeito no fundo.

Com uma distância de foco a partir de 45cm e um fator de magnificação de 0,21X, a lente não tem condições de fazer fotografia macro.

O campo de visão da lente

Aos 50mm de distância focal, a objetiva oferece um campo de visão (diagonal) de 46 graus (em câmeras full frame) ou 73,6 graus em câmeras com sensores APS-C.

Em um sensor cropped, portanto, vai ter um campo de visão equivalente a uma lente 80mm.

Em um corpo full frame, gosto de usar esta lente para tudo: fotografia de rua, eventos, retratos, ensaios, paisagens, viagens etc.

Em um corpo APS-C, ela me serve melhor para fazer retratos com um enquadramento mais fechado. Neste caso, é raramente a minha opção.

Na abertura máxima, vai haver um pouco de vinheta (escurecimento nas bordas). Se você não gosta, sempre é possível corrigir isso dentro da câmera.

O bokeh

Na abertura máxima, de f/1.8, a objetiva pode produzir um efeito de desfoque, ou simplesmente bokeh, sensacional.

A qualidade do desfoque e a suavidade dos círculos é uma característica marcante desta lente.

As 7 lâminas do diafragma, ajudam muito a suavizar os círculos do desfoque da lente e, dependendo do ambiente e do fundo, proporcionar uma “explosão de cores” no background.

Por outro lado, a partir da abertura f/16, a lente consegue captar melhor os raios (efeito estrela) da iluminação ao redor do local em que você está fazendo os seus registros (veja isso na galeria de fotos, ao final).

Construção da objetiva

Feita de plástico (com mount de metal), a objetiva mantém a leveza e a facilidade de transporte. Infelizmente, não tem qualquer tipo de vedação contra os elementos e você precisar ter o cuidado de não expôr o seu equipamento à umidade, à chuva, à poeira, à areia etc.

Se você precisa de uma “cinquentinha” com weather sealing, a Canon vende a EF 50mm f/1.2 L USM, por aproximadamente US$ 1800.00 (pra mim, isso é caro).

Fotografia de produtos, de pequeno e grande porte.

Sistema de autofoco

Há alguns recursos tecnológicos dignos de nota, aqui.

O anel de foco é full time manual, ou seja, você pode ajustar o foco mesmo quando o botão AF está ligado, sem correr o risco de danificar o equipamento. Isso ajuda muito no trabalho do dia a dia.

Adicionalmente, o sistema de focalização é interno, portanto, não gira o elemento frontal — o que permite usar um filtro polarizador com muito mais tranquilidade e levar a objetiva para fotografia de paisagens.

Durante a focalização, a lente estende um hood interno, formando uma proteção contra raios perpendiculares de luz, que possam causar um efeito de lens flare. Não substitui um para-sol de “verdade”, mas ajuda.

Se a sua câmera tiver o recurso, a lente se recolhe automaticamente, quando você desliga o equipamento — como em qualquer outra objetiva com o motor STM da Canon.

Nas filmagens, o motor STM de autofoco, garante a transição mais suave quando você troca o assunto durante o vídeo. Procure pelo recurso Movie Servo AF, na sua câmera.

O sweet spot da Canon EF 50mm f/1.8 STM é f/5.6

A qualidade óptica da EF 50mm f/1.8 STM

Gráfico MTF mostra o desempenho óptico da lente na sua abertura máxima.

A lente oferece boa qualidade óptica na abertura máxima f/1.8. Tem boa nitidez no centro, com perdas de contraste nas bordas. O resultado não é surpreendente mas, na vida real, ela entrega o que a maioria dos fotógrafos profissionais precisam.

Se você sempre cria suas imagens em JPEG, ligue as opções de correção automáticas na sua câmera e não se preocupe com mais nada.

Pessoalmente, gosto do desfoque mais natural, aos f/2.8

Para quem a lente não vai servir

Na minha opinião, não é a melhor lente para quem tem câmera com sensor APS-C ou cropped. O ângulo pode ser muito fechado para você fazer a maioria das suas fotos.

A Canon EF-S 24mm f/2.8 STM, nesta mesma faixa de preço, é a minha recomendação para quem tem câmera Canon APS-C — como expliquei aqui.

Se você já tem a lente do kit, a 18-55mm, experimente fotografar em 50mm e em 24mm — e tire a sua própria conclusão, que é a única que vale.

Em uma câmera full frame, a distância focal de 50mm é perfeita.

Aonde a cinquentinha é a lente mais adequada

Em câmeras full frame, esta distância focal é considerada a normal, sem muita distorção de perspectiva.

A lente também está otimizada para vídeos, com motor silencioso e com movimentação suave.

Fotografia de rua: A Canon EF 50mm f/1.8 STM tem autofoco rápido o suficiente para qualquer “momento decisivo”.

Chega de conversa, mostre as fotos!

Estamos em 2021, com uma pandemia rosnando e vociferando do lado de fora das nossas casas. Infelizmente, não tá dando pra sair para fazer fotos de pessoas, retratos etc.

Mas, antes da conclusão, segue uma pequena galeria do que achei que seria seguro fazer 😉

Conclusão

A Canon EF 50mm f/1.8 STM se situa entre 2 lentes: a Yongnuo YN 50mm f/1.8 (aprox. US$ 62.00) e a Canon EF 50mm f/1.4 USM (aprox. US$ 299.00).

A opção da Yongnuo pode servir para quem está com o orçamento apertado e ainda não tem aspirações profissionais.

Se você precisa voltar pra casa com todas as suas fotos e não há margem para erros, compre a Canon EF 50mm f/1.8 STM.

A Canon EF 50mm f/1.4 USM é uma opção interessante, para quem trabalha muito com fotografia à noite e para aqueles que precisam de uma pequena margem de nitidez extra, para fazer edições mais intensas.

Em outras palavras, a “cinquentinha” da Canon tem a melhor relação custo/benefício.

Profissionalmente, a Yongnuo não é uma economia que compensa. Por outro lado, o que a EF 50mm f/1.4 custa a mais, você poderia adquirir um flash, caso ainda não tenha.

Elias Praciano

— fã de séries, como "Love, Death & Robots", "Rick and Morty" e "Russian Doll". Gosta de criar imagens, direto da câmera, com o mínimo de pós-produção. Há vários anos o seu livro favorito é Neuromancer, de William Gibson.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Post comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: