A Fujifilm X-S10 é uma câmera APS-C sexy e divertida, voltada para fotografia de rua e vlogging.

Mesmo sendo um Canon shooter, não posso negar que alguns produtos me atraem em outras marcas.

Na Fujifilm, me atraem o design das câmeras, as cores das imagens e os recursos dos softwares embarcados nos equipamentos. A empresa realmente se empenha em agradar os clientes e oferecer câmeras para quem prefere o estilo SOOC — Straight Out Of Camera, ou seja as imagens prontas da câmera, sem a necessidade de passar pela pós-produção.

A X-S10, vai muito além do estilo, como espero mostrar no decorrer deste texto.

As especificações da Fujifilm X-S10

Obviamente, não dá para medir uma câmera pelas especificações. Mas é um começo.

Resolução em megapixels26 MP
SensorAPS-C BSI-CMOS
Estabilização do sensorSim
Núm. de pontos de Autofoco425
Recursos de vídeo4K 30fps
FullHd 240fps
Fotos por carga da baeria (CIPA)325
Algumas especificações da câmera

A duração da bateria não surpreende

Este é o ponto em que os fabricantes precisam trabalhar mais para melhorar: a duração das baterias.

Na minha modesta opinião, o ideal a ser alcançado é 1000 fotos a cada carga. Sei que há uma longa jornada para chegar lá… mas só estou idealizando.

Usualmente, as pessoas conseguem ultrapassar a quantidade de fotos por carga definida pela CIPA. Portanto, não surpreenderia se alguém dissesse que conseguiu fazer 500 fotos, antes de ter que voltar pra casa, com esta câmera.

Isso não é ruim, para hobistas. Para uso profissional ou para viagens, contudo, seria interessante adquirir uma ou duas baterias extra.

Vale ressaltar que este modelo não tem weather sealing, ou seja, resistência aos elementos, como poeira, respingos de água. Tenha cuidado ao sair com ela para rua, em climas chuvosos.

Ergonomia e usabilidade

A câmera tem um grip maior que outros modelos, o que torna mais confortável e seguro andar com ela nas mãos. Odeio pendurar câmera no pescoço 😉

A tela do liveview se abre completamente, como nas Canon, o que vai agradar muito aos vloggers e a vários outros fotógrafos.

Imagem: http://fujifilm.com.

O dial principal tem 4 posições customizáveis, às quais os usuários podem associar funções específicas de focagem, qualidade de imagem e ajustes de tiro.

Você pode ter uma posição com tudo ajustado para fotografia noturna, outra posição para fazer retratos, uma terceira apenas para paisagens e a quarta para os filmes.

Resolução e sensor

Os 26 megapixels são ótimos para um sensor APS-C (com iluminação traseira). A faixa de ISO vai de 160 a 12800 — expansível para 80 a 51200.

A estabilização do sensor pode ajudar a manter os valores de ISO sempre baixos.

Vídeo da Fujifilm, mostra a estabilização do sensor dentro da X-S10.

Resolução do liveview e do viewfinder

A tela traseira em LCD, também chamada liveview, é totalmente articulável e tem resolução de 1 milhão de pixels.

A telinha do viewfinder, aonde você coloca o olho, tem resolução de 2.360.000 pontos — normal, nesta faixa de preço.

Vídeo

A Fujifilm X-S10 tem 16 modos de gravação de vídeo.

Modos de gravação de vídeo na Fujifilm X-S10.

O que chama a atenção, pelas possibilidades que oferece, é a gravação em Full HD, a 240p. Você também pensou em slomo?!

Opções de conexão

Como já é comum, nas câmeras atuais, ela permite conexões via Wi-Fi 802.11b/g/n e Bluetooth 4.2.

Com isto, há possibilidades de transferir imagens pro celular, e trocar informações com o GPS do smartphone, para gravar coordenadas nas suas imagens.

Recursos de software

Além dos inúmeros filtros que a Fujifilm tem embarcado em suas câmeras, outros recursos ajudam a tornar a máquina um centro de diversões para quem curte sair para fotografar e filmar.

A função HDR tem 4 opções de gradação, além da automática.

O modo Panorama (bem como o HDR e múltiplas exposições) pode ser selecionado, a partir de um botão — sem a necessidade de percorrer um labirinto no sistema de menus.

Manual da Fujifilm X-S10: selecione a opção de foto em panorama a partir do botão “drive”.

Por falar em múltiplas exposições, o recurso oferece 04 modos de fazer o blending de imagens: Additive, Average, Bright e Dark.

Isto, entre outras coisas, fazem do software da câmera um programa incrível e capaz de proporcionar muita diversão.

O ponto negativo seria o fato de que estes recursos consomem bastante energia. Novamente, recomendo a aquisição de uma bateria extra, para você não ter que voltar mais cedo pra casa.

Conclusão

Posicionada na faixa de preços das Canon EOS 6D Mark II + lente 50mm f/1.8 e EOS RP + 24-105MM f/4-7.1 IS STM, a fujifilm X-S10 tem preço muito competitivo (com uma lente Fujinon 27 f/2.8 incluída).

CâmerasPreços aproximados
EOS 6D Mark II + lente 50mm f/1.8€ 1651,00
US$ 1,990.00
R$ 10.750,00
EOS RP + lente 24-105MM f/4-7.1 IS STM€ 1751,00
US$ 2,111.00
R$ 11.400,00/
Fujifilm X-S10 + lente Fujinon 27 f/2.8€ 1702,00
US$ 2,052.00
R$ 11.082,00
Comparação dos preços das câmeras.

Quando olhamos a tabela de preços e os recursos tecnológicos de hardware e software que vêm embarcados, a Fujifilm X-S10 é de dar água na boca, não é?!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.