Review da Canon EOS 6D Mark II

A Canon EOS 6D Mark II é uma DSLR, lançada em 2017, no segmento full frame de entrada.

Muitos reviews e análises da época do seu lançamento mostram descontentamento, principalmente com a falta de recursos de filmagem em 4K, além dos, relativamente, poucos avanços em relação à antecessora EOS 6D.

A linha 6D, da Canon é para quem deseja dar os seus primeiros passos com câmeras de sensor 35mm ou full frame.

Eu concordo que, sendo lançada em 2017, o modelo já deveria vir com a possibilidade de fazer vídeos em 4K. Já as diferenças tecnológicas em relação à 6D, estão dentro do esperado do mercado — celulares, carros, TVs… apesar do alarde dos fabricantes, sempre têm pouco avanço de uma geração para outra.

Câmera Canon EOS 6D Mark II com a objetiva Sigma 24-70mm f/2.8 IF EX DG HSM montada e a Canon EF 70-300mm ao lado.

Especificações da Canon EOS 6D Mark II

Especificações precisam sempre ser lidas com cuidado, uma vez que nem sempre refletem o dia a dia do fotógrafo/videógrafo.

Estas são algumas das especificações do site oficial da Canon:

LançamentoJunho/2017
Preço US$1,400.00 — 1,800.00
Sensor36 x 24mm (Full-frame)
26.2 megapixels
Lentes compatíveis (mount)Canon EF mount.
Compatível apenas com lentes EF.
Sistema de Autofoco (AF)45 pontos de AF, todos cross-type (cruzados)
O ponto central é dual cross-type (duplamente cruzado) e tem altíssima precisão em f/2.8 e f/5.6
Você pode programar o sistema de foco para agir diferente ao usar a câmera no modo retrato/paisagem
Dual Pixel Auto Focus (DPAF)Disponível no liveview (tela do LCD) para foto e vídeo
Sistema de disparoVelocidade máx: 1/4000 e
até 6.5 fps
Monitor LCD3.03″, TFT, 1.04 milhões de pontos
Vídeo4K 24 fps (time-lapse)
Full HD 60 fps
Full HD 30 fps HDR
Estabilização digital de 5 eixos.
ConectividadeWi-Fi, NFC, Bluetooth 4.1 e GPS
USB 2.0, Terminal Vídeo Type-C e Microfone 3.5mm stereo.
BateriaLP-E6N
Até 1200 fotos (CIPA), pelo visor óptico (viewfinder)
Até 380 fotos (CIPA), pelo LCD (liveview)
Start-up time0.2 segundos
Peso685g (apenas o corpo, sem a bateria)
ResistênciaResistente a água e poeira.
Principais especificações da Canon EOS 6D Mark II
Canon EOS 6D Mark II com a lente Sigma 24-70mm f/2.8 IF EX DG HSM

A duração da bateria, é um dos pontos fortes da EOS 6D Mark II

De acordo com a CIPA, a Canon EOS 6D Mark II pode chegar a tirar 1200 fotos com apenas uma carga da bateria. Na minha experiência, ela passa de 1800 fotos — mesmo com o Bluetooth e GPS ligados.

Sob certas condições, é possível ultrapassar 2400 fotos — se você desligar a exibição das imagens pelo LCD, desligar o Bluetooth, e o GPS e não fizer qualquer conexão via Wi-Fi/NFC.

Quando viajo, levo o carregador só por segurança. Uma carga dura facilmente mais de 3 dias.

No meu dia a dia, com esta câmera, aprendi a me despreocupar completamente com a duração da carga das baterias. Nunca desligo a câmera — quando a coloco de volta na estante — e mantenho o GPS (Modo 2) e todas as outras opções de conexão sempre prontas para usar.

A resistência da câmera

Demonstração da vedação da Canon EOS 6D Mark II

Cuidado com os abusos. Dispositivos “à prova d’água” são os que mais aparecem nas assistências técnicas, mundo afora.

A Canon diz que a câmera é resistente (veja bem a escolha das palavras) à poeira e à água. Na minha experiência, de fato, ela é.

Já aconteceu de pegarmos chuva, eu e a câmera — e, fora a gripe, não houve qualquer consequência.

Eu sou muito cético em relação a estas coisas. Não pretendo testar a resistência da câmera — mas gosto de me sentir mais seguro. Não custa nada envolver o equipamento — câmera + lente — em um saco de plástico, quando for à praia ou a outros lugares com condições climáticas mais duras.

Outra coisa importante: a eficiência da resistência da câmera depende da lente também ser resistente. Só as lentes da série L têm esta propriedade.

Canon EOS 6D Mark II com a objetiva Canon EF 17-40mm f/4.0 L USM (Grande-angular a normal) montada.

Ergonomia

A Canon é uma empresa que, com o passar dos anos, acumulou um vasto conhecimento sobre ergonomia, que está presente nos produtos da linha profissional da empresa.

Mesmo uma pequena SL 2 (minha câmera anterior) tem boa “pegada”. Tenho mãos grandes e nunca tive dificuldades para segurar firmemente a câmera. Na minha opinião, só as câmeras da linha 5D são melhores do que as 6D, neste quesito.

Eu prefiro carregar a minha câmera na mão, com a alça enrolada no braço. Nunca achei boa ideia usar alça no pescoço. Nesta posição, qualquer coisa com mais de 100 gramas vai te causar alguma dor ou cansaço ao final do dia.

Qualquer câmera pesa, ao final de um dia inteiro de trabalho. Praticar exercícios, para fortalecer a musculatura e a resistência física, vai ajudar a ter uma relação melhor e mais saudável com o seu trabalho ou hobby.

O sistema tem ampla flexibilidade de configuração dos seus botões, o que pode ajudar muito a agilizar o fluxo do seu trabalho. É fácil customizar os principais botões para que tudo o que você precisa fique sempre ao alcance dos dedos.

A conectividade da EOS 6D Mark II

Se você tiver o recurso do NFC no seu celular, basta encostar na câmera para poder conectar. É prático assim.

O recurso está presente até mesmo em produtos de entrada da Canon, como a EOS Rebel T6 ou 1300D e a SL2. Contudo, está deixando de ser incluído nos produtos mais novos (SL3/250D, EOS RP etc)

São 4 opções de conexão, no total: Bluetooth v4.1, Wi-Fi, NFC e USB. Além de ainda poder levar o cartão pro PC/notebook.

Eu prefiro conectar via Bluetooth — por que dá para fazer isso com a câmera guardada na bolsa ou distante alguns metros.

Objetiva Sigma 24-70mm f/2.8 IF EX DG HSM montada na Canon EOS 6D Mark II.

Gravação de vídeo

Este é um dos pontos em que a câmera é mais criticada. Para um equipamento de filmagem, lançado em 2017, faz todo o sentido esperar que tenha a capacidade de gravar em 4K.

Por outro lado, estamos em 2021 e vejo poucos youtubers e videomakers trabalhando com 4K — por que é caro e o workflow é muito lento.

Enfim, eu gostaria que tivesse 4K? Sim.

Usaria? Provavelmente, não.

Em termos de vídeo, uso basicamente Full HD 30fps, em HDR. Se vocẽ precisa fazer vídeos em 4K, ela não é para você.

O sistema de foco

Eu acredito que este seja outro ponto forte da câmera. São 45 pontos de autofoco e várias opções de focagem automática.

A câmera é capaz de cravar o foco e acompanhar pássaros em vôo. Mas você precisa praticar um pouco antes, para, pelo menos, conseguir manter o animal enquadrado.

Para quem tira retratos de pessoas, é possível usar o Dual Pixel Auto Focus (DPAF), via liveview. O software da câmera é capaz de detectar com precisão e rapidez os rostos das pessoas e tirar fotos com o foco cravado.

O menu de funções customizáveis da câmera tem uma seção voltada apenas para a configuração do autofoco. O manual tem todas as informações que você precisa para ajustar as opções do autofoco, de acordo com as suas necessidades.

Desempenho com pouca luz e ISO

Com o processador Digic 7, o equipamento pode trabalhar com valores de ISO entre 100 e 40000. Opcionalmente, você pode estender estes valores até 50, de um lado e até 102400.

Na minha experiência, a EOS 6D Mark II garante boa qualidade até o ISO 6400. A partir daí, você vai começar a ter que decidir se a degradação é aceitável ou não.

O fato é que, se você esquecer o flash para um evento, ainda assim, dificilmente vai voltar pra casa sem as fotos, com a 6D Mark II.

Aonde a Canon EOS 6D Mark II brilha?

É uma excelente câmera para fotografia e, eventualmente, vídeo.

A resistência, a duração da bateria e a ergonomia, a tornam adequada para cobrir eventos, fazer trilhas e viajar levando o mínimo possível.

O sistema avançado de autofoco, a tornam perfeita para ensaios e retratos. Se quiser, você pode usar o DPAF no liveview, como recurso extra, para cravar o foco no rosto.

A possibilidade de fotografar com ISO 50 torna a câmera muito atrativa para a fotografia de produtos e, até mesmo, stock.

Leia também O que ninguém te conta sobre a EOS 6D Mark II.

Aonde ela não brilha?

Não existe uma categoria em que a 6D Mark II “fracasse miseravelmente”. Mas, com certeza, ela não brilha na videografia. A SL3/250D é bem mais barata e tem especificações de vídeo superiores.

Se você precisa fazer vídeo em 4K ou 120 fps, a câmera definitivamente não é para você.

Fotografia de esportes e vida selvagem, são categorias em que ela “dá conta do recado”, contudo há opções melhores nesta faixa de preço.

Por fim, com apenas um slot para cartão de memória, alguns fotógrafos de casamento provavelmente não serão o público para este equipamento.

A melhor lente para a Canon EOS 6D Mark II

Isto depende muito do tipo de fotografia que você faz.

Contudo, a Canon EF 50mm f/1.4 USM, aliada ao ótimo desempenho do sensor em condições de pouca luminosidade, é uma excelente opção, para uso geral — com custo/benefício perfeito.

Canon EOS 6D Mark II com a lente Canon EF 50mm f/1.4 USM.

Alternativas à Canon EOS 6D Mark II

Dentro da Canon, a alternativa mais próxima — em preço e especificações — é a EOS RP.

Ambas compartilham o mesmo sensor e têm desempenho similar.

Eu poderia resumir a escolha, entre estas 2 câmeras, assim:

  • Você precisa de um cavalo de batalha no seu dia a dia, que ofereça resistência e boa duração da bateria? A resposta é a Canon EOS 6D Mark II
  • Você precisa de uma mirrorless que faz vídeos em 4K? A resposta é a EOS RP.
CâmeraEspecificações gerais
EOS SL2 (250D)Pode ser encontrada no mercado de usados e tem exatamente as mesmas especificações de vídeo, sem estabilização digital.
EOS 7D Mark IINa mesma faixa de preço e é uma opção mais interessante para fotografia de esportes e vida selvagem, com 2 slots para cartões.
EOS 90DUma opção mais moderna e mais barata que a 7D Mark II
EOS RPUma mirrorless full frame com especificações semelhantes e possibilidade de fazer vídeo em 4K.
Opções de câmeras Canon, no entorno da EOS 6D Mark II.

Algumas destas comparações estão no post A Canon EOS 6D ainda é uma câmera relevante.

Conclusão

Comecei a pesquisar, no início de 2019 e, rapidamente, a minha decisão afunilou para a EOS 6D Mark II e a EOS RP — ambas, na mesma faixa de preço ~ US$1,800.00.

Fiz a minha compra em Maio/2019, justamente pelos pontos fortes que enumerei neste post — resistência, duração da bateria e o fato de que se trata de uma linha de câmeras da Canon que vem desde 2012 e, portanto, há mais conhecimento online produzido para ela.

Para quem sai de casa de madrugada, sem hora para voltar, a 6D é uma ótima companheira de aventuras (depois do cachorrinho, claro).

Saiba como acompanhar as atualizações do site.

Meus posts relacionados à Canon EOS 6D Mark II: https://coisasdogeek.com.br/doc/tag/6d-mark-ii/

Especificações da câmera no site da Canon Portugal: https://www.canon.pt/support/consumer_products/products/cameras/digital_slr/eos-6d-mark-ii.html?type=specifications

Especificações da câmera no site da Canon do Brasil: https://www.canon.com.br/produtos/produtos-para-voce—cameras—linha-eos—dslr/eos-6d-mark-ii

O site recebe uma pequena comissão por compras qualificadas, feitas através dos links desta sessão.

Aonde comprei a minha Canon EOS 6D Mark II: https://amzn.to/3tN7qtH

Referências

Leia os detalhes pouco conhecidos da Canon EOS 6D Mark II.

Review da lente Canon EF 24-105mm f/4 L IS II USM.

Elias Praciano

— fã de séries, como "Love, Death & Robots", "Rick and Morty" e "Russian Doll". Gosta de criar imagens, direto da câmera, com o mínimo de pós-produção. Há vários anos o seu livro favorito é Neuromancer, de William Gibson.

1 Response

  1. Perfeito o seu review!
    Você toca em vários pontos que muitos parecem negligenciar.
    Para mim, esta câmera tem características que são muito importantes para o meu dia a dia: a duração da bateria, é uma delas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Post comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: