Review da lente Sigma 24-70mm f/2.8 IF EX DG HSM

A Sigma 24-70mm f/2.8 IF EX DG HSM é assunto bastante recorrente neste site, uma vez que se tornou a minha maior companhia de aventuras na fotografia.

Neste post vou tentar me ater mais aos aspectos técnicos da objetiva, mas se quiser saber mais sobre a performance do equipamento, no dia a dia real, por favor veja a sessão de busca do site.

As condições de aquisição da minha Sigma 24-70mm

A Sigma 24-70mm f/2.8 IF EX DG HSM é um produto lançado/anunciado em 23 de Setembro de 2008 e foi fabricada até pouco depois de 2013, sendo substituída pela 24-70mm da série ART.

Eu adquiri a minha no fim de 2019, usada.

As condições gerais eram as seguintes:

  • diafragma emperrado, necessitando a troca do cabo flat.
  • muitos sinais e marcas de uso, no corpo (o que não afeta o funcionamento).
  • as borrachas dos anéis de zoom e foco extremamente desgastadas, esbranquiçadas e rompidas.
  • uma pequena rachadura no vidro frontal da lente.

“Tudo isso”, por 200 dólares o que, na época, era um valor bem menor que a Canon EF 24-105mm f/3.5-5.6 IS STM, que tava no meu radar.

Acabei optando pela Sigma, por causa do preço — afinal, se eu ajeitasse o diafragma, eu teria uma ótima opção para brincar à noite.

Visão de uma rachadura no elemento frontal da lente
Rachadura no elemento frontal da objetiva. Como vocẽ verá, mais adiante, ela causa um risco nos círculos do bokeh. Nada além disso.

O que fiz, depois da aquisição:

  • troquei o diafragma por aproximadamente 50 dólares (incluindo a mão de obra).
  • ignorei os sinais de desgaste, que diminuem as chances de roubo e não influem nas fotos.
  • troquei as borrachas — descobri que o copo térmico imitação da lente 24-105mm usava borrachas do mesmo tamanho da lente Sigma. Fica a dica! 😉
  • … e continuo a ignorar a rachadura no vidro frontal, uma vez que não interfere em absolutamente nada nos resultados, mas pode ser vista nos círculos do bokeh, — como vou mostrar, mais embaixo.

Construção da objetiva e especificações técnicas

A Sigma 24-70mm f/2.8 IF EX DG HSM, é voltada para câmeras fullframe (DG), faz parte da linha de excelência (EX) da marca, tem um sistema de foco interno (IF, ou Internal Focus) e motor de autofoco hipersônico (HyperSonic Motor, ou HSM).

Veja uma lista das especificações mais interessantes:

  • pesa 790g, o que não é muito pesado em comparação às outras lentes da mesma categoria. Na verdade, é uma das menores e menos pesadas, entre as lentes padrão 24-70mm, de diversas marcas.
  • Foi produzida para os mounts da Canon, Nikon, Pentax, Sony/Minolta e da própria Sigma.
  • Tem um diafragma circular de 9 lâminas, que proporciona um bokeh bonito e suave. Nas aberturas menores, a partir de f/16, o recurso dá mais definição aos raios luminosos.
  • São 14 elementos de vidro em 12 grupos, dos quais vamos falar mais adiante.

O conjunto de lâminas que compõe o diafragma de uma lente, é o que dá forma aos círculos do desfoque, ou bokeh.

A partir de 7 lâminas, uma lente já consegue produzir círculos muito bem definidos.

  • Distância mínima de foco de 38 centímetros e magnificação de 0,188X (ou 1:5,3). Definitivamente, não é macro para fotografia de objetos ou natureza. Mas serve para registrar detalhes em um evento (como casamento).
  • O diâmetro do filtro é de 82mm e o produto é fornecido com o hood. Se não vier com este item, peça um desconto de pelo menos 20 dólares, que é o preço aproximado da peça.
  • Não tem estabilização óptica, que seria útil para fazer vídeos.

A qualidade do bokeh

Aqui é possível ver a rachadura no elemento frontal, da minha lente, como um risco nos círculos. Fora destas condições, é impossível percebê-la nas imagens. 70mm, 1/100s, f/2,8, ISO6400

Como eu disse, acima, nas especificações, a lente é tecnicamente capacitada a fazer um bokeh de primeira qualidade. Trabalhando na distância focal de 70mm, na abertura máxima de f/2.8 e gerenciando a distância do assunto em relação ao fundo, é possível obter desfoques bem suaves.

A qualidade óptica

Como lente zoom padrão, é compacta e mais leve que algumas outras lentes standard. Isso se deve ao projeto óptico, que conta com 14 elementos em 12 grupos — o que inclui 3 elementos asféricos (que ajudam a reduzir distorções), 1 elemento ELD (“extra” baixa dispersão) e 2 SLD (baixa dispersão “especial”).

Na data de lançamento da objetiva, a Sigma incluía 3 tipos de tratamento dos elementos de vidro de suas lentes: Special Low Dispersion (SLD), Extra Low Dispersion (ELD) e “F” Low Dispersion (FLD), cujas características ópticas são bem similares à fluorita (usada pela Canon). Estes materiais tornam possível construir objetivas de alta performance, com tamanho reduzido e baixo custo.

Como um projeto, que caminha para 13 anos (em 2021), obviamente você vai encontrar opções de qualidade superior, atualmente. Mas não muito superior.

Se você se preocupa em obter a máxima nitidez, siga a regra geral de usar uma abertura de diafragma entre f/5.6 e f/8.0 — e isso vai depender também das limitações do sensor da sua câmera.

Contudo, não tenha medo de usar a lente em f/2.8, quando precisar (ou quiser). A perda de nitidez é quase sempre irrelevante ou imperceptível.

Das aberrações ópticas — de vinheta, distorções de barril ou de almofada e aberrações cromáticas — esta última é a única que me incomoda e quase nunca ocorre na lente.

Para esta objetiva, a minha câmera (Canon EOS 6D Mark II), só faz a correção de difração (linhas distorcidas), que pode começar a ocorrer a partir de f/16. O resto, posso corrigir na pós-produção (eu uso e recomendo o Darktable, para isso).

A menos que seja por exigência profissional, nunca corrijo as características das lentes (nem na câmera, nem na pós). Prefiro trabalhar com as características da lente e tentar usá-las a favor da minha fotografia.

O menu de correção de aberrações ópticas tem opções bem limitadas para lentes de terceiros. Na Canon EOS 6D Mark II, a única opção disponível para a Sigma 24-70 f/2.8 IF EX DG HSM é a última — correção de difração. Vale ressaltar que estas correções não afetam os arquivos RAW, apenas os JPEG.

De acordo com o site DXO Mark, a Sigma 24-70mm f/2.8 IF EX DG HSM vai ter uma melhor taxa de transmissão de luz entre os 35mm e os 50mm — aproximadamente t/3.4.

Ainda, de acordo com o DXO Mark, a lente apresenta nitidez superior a 12 megapixels perceptivos aos 24mm, em f/2.8 e vai começar sofrer perdas significativas a partir dos 35mm — a partir deste ponto, você terá que diminuir a abertura do diafragma para f/4.0, se quiser manter a nitidez (testado na Canon EOS 6D).

É muito comum os testes de nitidez mostrarem que, na abertura máxima, as lentes têm perdas significativas nas bordas — sem levar em consideração que os objetos, na borda da imagem, provavelmente já estariam menos nítidos só pelo fato de já estarem fora da zona de foco.

O que os outros reviewers dizem da lente?

Outros analistas são mais experientes e tecnicamente mais meticulosos do que eu.

Acho importante o reviewer ser meticuloso, claro. Só não devemos perder de vista que, na vida real, muitos destes detalhes perdem importância e não influem significativamente na nossa fotografia — principalmente para mim, que estou longe de ser (ou querer ser) um fotógrafo perfeccionista.

“Além de prazerosa de usar, oferece excelentes resultados. Não é perfeita, mas merece ser considerada para aquisição por qualquer um que esteja à procura de uma lente zoom standard, para sensores full-frame e com especificações profissionais”

John Tarrant — Trusted Reviews.

“A Sigma 24-70mm f/2.8 IF EX DG HSM é a objetiva mais barata da categoria, mas a performance deixa a desejar”

Jim Fisher — PC Mag.

“A Sigma 24-70mm f/2.8 EX DG é uma lente bem construída, com boas especificações e um preço decente”

“Não supera (física ou opticamente) a sua similar, Canon EF 24-70mm f/2.8 L, mas custa menos da metade”

Bryan Carnathan — The Digital Picture.

“Embora não seja tão boa quanto a melhor da classe, a Canon EF 24-70mm f/2.8 L II USM, opticamente, ela cumpre bem sua proposta”

DPReview.

A objetiva é “usável” na sua abertura máxima?

Ela oferece um excelente resultado entre 24mm e 35mm, na sua máxima abertura de diafragma. A partir daí, a qualidade óptica começa a sofrer degradações, forçando a fechar o diafragma para, pelo menos f/4.0, aos 70mm.

Contudo, se o cliente (ou você, mesmo(a)) não for fazer vistoria de cada pixel nas imagens obtidas, na distância focal de 70mm, em abertura máxima, eu não vejo nenhum grande problema, aqui.

Fotografia noturna a 70mm, usando a abertura máxima. O DXO Mark aponta estas condições como as mais difíceis para a lente. Na minha humilde opinião, o ISO alto é quem mais rouba nitidez na imagem e não a lente. O foco está na corpo do primeiro ganso.

Em resumo, em ângulo aberto, não há problema algum em trabalhar em f/2.8. Mas use aberturas menores, se sentir que a perda de nitidez é inaceitável para você, quando estiver usando distâncias focais acima dos 50mm.

O pior cenário da lente

Diante dos resultados do DXO Mark, eu fui a campo, pra ver o resultado, na vida real, de fotografar em 70mm e f/2.8. Quais seriam as perdas?

As imagens, abaixo, foram todas feitas em 1/1250s, f/2.8, ISO 400 e na distância focal máxima da lente (70mm).

As fotos não foram editadas. Se você faz edições em RAW, já está acostumado com imagens “lavadas” e com pouco contraste. Para facilitar a visualização na web, reduzi o tamanho e converti para JPEG. Se você fizesse o teste aí, com a sua lente, teria um resultado bem melhor.

Neste caso, o foco foi feito no olho da cachorrinha:

Abaixo, segue uma imagem, com cores mais contrastantes e definidas — também com ampliações, para a sua avaliação. O foco está na pétala/flor mais clara.

Forme a sua própria opinião: a perda de nitidez da lente em 70mm e f/2.8 é aceitável?

Como a Sigma 24-70 se compara à Canon EF 24-70 f/2.8 L

A objetiva chegou para substituir a antiga Sigma 24-70mm f/2.8 EX DG MACRO (veja as diferenças nas nomenclaturas).

Portanto, a comparação mais justa, é com a primeira versão da Canon EF 24-70 f/2.8, uma vez que são (mais ou menos) contemporâneas e têm as mesmas propostas — cobertura de eventos, retratos, ensaios, casamentos etc.

As duas objetivas só podem ser encontradas, hoje, no mercado de usados.

Se quiser ver uma comparação mais extensiva, dê uma olhada no site cameradecision.com. Aqui, vou me ater aos pontos chave de cada lente.

LenteSigma 24-70mm f/2.8 IF EX DG HSMCanon EF 24-70mm f/2.8 L USM
Peso e dimensões690g, 94,7mm x 88,6950g, 124mm x 83mm
Qtd. de lâminas no diafragma9, com diafragma arredondado8
Estabilização óptica de imagemNãoNão
Menor distância de foco (“macro”) e magnificação.38cm e 0,19X38cm e 0,29X
Resistência a água e poeiraNãoSim
Full time manual (permite ajustes manuais durante o autofoco)SimSim
LançamentoSetembro/2008Setembro/2002
Na minha humilde opinião, os pontos fortes da Sigma são tamanho e peso bem reduzidos e o preço. A Sigma também se beneficia do fato de ser um projeto 6 anos mais novo. Do lado da Canon, uma lente mais próxima de um “macro decente” e a resistência a água e poeira.

Um outro detalhe que pode ser interessante é que a velocidade do autofoco pode ser maior na lente que tem a mesma marca da câmera, se isso for importante para você — embora a diferença não seja grande.

Conclusão

A Sigma 24-70mm f/2.8 IF EX DG HSM é a melhor lente, no mercado de usados, que você pode adquirir, dentro das seguintes condições:

  • Você precisa de uma lente zoom padrão, capaz de oferecer um desempenho profissional para trabalhos mais exigentes;
  • O seu orçamento está apertado e o seu poder de compra está abaixo dos 300 dólares.
  • Você encontrou um produto em boas condições estéticas e em perfeito funcionamento.

Toda lente tem seu ponto fraco. Em termos ópticos, o calcanhar de aquiles desta objetiva pode estar na distância focal de 70mm aos 2.8mm.

Eu gostaria que ela tivesse selagem contra respingos e poeira — que eu acho importante para equipamentos profissionais.

Por fim, se puder ignorar os defeitos, é uma excelente oportunidade de “colocar um pé” na liga profissional das objetivas 24-70mm f/2.8, sem gastar muito dinheiro.

Links úteis

Se quiser saber mais sobre a lente, dê um pulinho nestes links:

Anúncio oficial da lente, no site da Sigma:

https://web.archive.org/web/20081003045544/http://www.sigmaphoto.com/lenses/lenses_all_details.asp?id=3356&navigator=2.

Análise da lente no DXO Mark:

https://www.dxomark.com/Lenses/Sigma/24-70mm-F2.8-IF-EX-DG-HSM-Canon-mounted-on-Canon-EOS-5DS-R—Measurements__1009.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.