Por que as lentes da série L da Canon custam mais caro? (Parte II)

Recentemente, expliquei o que as lentes da série L têm a mais em relação às lentes “normais” da empresa. No post fiz uma comparação entre a Canon EF 24-105mm f/4L IS II USM e a Canon EF 24-105mm f/3.5-5.6 IS STM — por que têm as mesmas distâncias focais.

Imagem de um comercial da Canon, apresentando a RF 70-200mm L.

Leia o post aqui, se quiser entender melhor o assunto.

Embora, até o momento, não tenha ocorrido discordâncias dos leitores, alguns me perguntaram: “e as 24mm?” ou “e as 50 ou 85mm?!”.

De fato, foi fácil mostrar que a disparidade de preços entre as 24-105mm da Canon não é tão grande assim e que pode compensar economizar um pouco mais para comprar a versão high end, neste range focal.

Contudo, quando analisamos as outras distâncias focais — 24mm, 35mm, 50mm e 85mm — a resposta já não é mais tão fácil e as discrepâncias entre os valores são bem mais acentuadas.

As reais diferenças entre as 24-105mm da Canon

Eu poderia acrescentar, em relação ao artigo anterior, que a abertura máxima, de f/4, da versão L, não chega a ser um diferencial tão grande assim, em relação à versão low end (de baixo custo) — ela também consegue oferecer uma abertura igual ou inferior até os 28mm e consegue chegar a f/4.5 aos 42mm.

No artigo a que me referi, acima, nem citei a abertura máxima da lente como diferencial.

Mas, nos casos que seguem, este diferencial é mais proeminente e, com certeza, será mencionado.

As lentes com distância focal de 24mm da Canon.

A Canon tem 4 (quatro) opções de objetivas prime (de foco fixo) nesta distância focal:

  • EF-S 24mm f/2.8 STM (US$ 159,00), é uma lente pancake, na faixa de preço da 50mm f/1.8 (de quem vamos falar mais adiante…). Parte da explicação do baixíssimo custo dela é que se trata de um projeto voltado para sensores APS-C e, portanto, os elementos de vidro (além de ser em menor quantidade) têm circunferência menor — em outras palavras, tem menos vidro.

Trata-se de um projeto de excelente qualidade, mas que não pode ser usado em câmeras fullframe — o que já dificulta muito a comparação.

  • EF 24mm f/2.8 IS USM (US$ 600,00), não tem preço de objetiva “popular” mas, talvez, seja a melhor para ser usada na comparação com a sériel L, abaixo.

Para justificar o preço desta lente, em relação à anterior (EF-S 24mm f/2.8 STM), veja que ela tem mais elementos de vidro (e maiores) para cobrir a área de um sensor fullframe, além da estabilização óptica de imagem.

Até aqui, ela custa 600 dólares mas, se incluir os itens extra (bolsinha, hood e filtro de proteção), seu valor pode chegar a aproximadamente 750 dólares — metade, por tanto do preço da série L, da família.

  • EF 24mm f/1.4L II USM (US$ 1550,00), com um custo aproximadamente 2X superior à opção anterior, não tem estabilização, mas tem a capacidade de repassar uma quantidade muito maior de luz para o sensor.

Como já disse, o objetivo dos meus posts, é apenas mostrar que as diferenças de preços nem sempre são tão grandes entre as objetivas “comuns” e as “extraordinárias”, da série L.

  • TS-E 24mm f/3.5L II (US$ 1900,00), próximo de 2 mil dólares, é um equipamento voltado à arquitetura, como um nicho. Alguns fotógrafos a usam para compor retratos mais interessantes, com um desfoque mais direcionado (tilt shift) que a lente permite. Não faz sentido comparar ou discutir preço de equipamento de nicho. Uma das variáveis, que compõem seu preço, é provavelmente a escala marginal de produção e a complexidade extra na sua fabricação.

As 35mm da Canon.

Desta vez, me permita ignorar a versão EF-S Macro da lente. Vou comparar apenas as 2 versões EF — que podem ser montadas em todas as câmeras com sensores APS-C e fullframe da marca:

  • EF 35mm f/2 IS USM (US$ 600,00), é um projeto de 2012, sucessor da 35mm f/2 (1990), dentro de uma escola de design, que alguns poderiam dizer “desatualizada”, mas com uma excelente performance e estabilização de imagem. Se adicionarmos os acessórios dos kits das série L, ela poderia ser negociada a aproximadamente 750 dólares.

O que torna seu preço um tanto difícil de se entender, é a comparação com a 50mm f/1.8 STM (US$ 150,00), a “cinquentinha” — que, embora não tenha estabilização, permite abertura máxima de diafragma até f/1.8.

  • EF 35mm f/1.4L II USM (US$ 1800,00), é um projeto ligeiramente mais atual (2015), sem estabilização óptica de imagem.

Note que, neste ponto, encontramos uma diferença de preços bem grande. Ela custa 3 vezes mais que a 35mm f/2 IS USM e 4,5 vezes mais que a 50mm f/1.4.

Sempre lembrando que a diferença entre a distância focal de 35mm e 50mm é equivalente a um passo para trás ou para frente — se é que isso ajuda a decidir.

A Sigma e a Tamron oferecem objetivas semelhantes, por preços próximos da metade da versão L. É possível que a precificação da Canon esteja fora da realidade.

Para câmeras APS-C, eu sugiro fortemente considerar a Sigma 30mm f/1.4 EX DC HSM — um projeto antigo, mas ainda muito bom.

As opções de comparação na distância focal de 50mm da Canon

Este range focal é o mais popular da fotografia e a Canon tem 3 opções bem definidas, aqui:

  • EF 50mm f/1.8 STM (US$ 125,00), com uma relação custo/benefício ímpar, esta lente é a única recomendada deste set comparativo, a menos que você precise muito de alguma característica específica das outras.
  • EF 50mm f/1.4 USM (US$ 400,00), se você não precisa muito fazer suas fotos em f/1.4, não há necessidade de desembolsar 3X mais do que você pagaria pela “cinquentinha”. Tudo o que esta lente oferece, é uma abertura maior e um visual dos anos 90. O pacote não inclui filtro, bolsinha, hood ou qualquer outra vantagem.

Na minha humilde avaliação, a qualidade a mais não chega a 10% — embora eu aprecie muito o desempenho dela em condições de baixa luminosidade.

  • EF 50mm f/1.2L USM (US$ 1400,00), com um custo 11 vezes superior à cinquentinha e 3,5 vezes superior à 50mm f/1.4, você vai precisar de bons argumentos em casa para justificar esta compra.

O que pesa, no preço deste “monstrinho” (digo isso com bastante carinho), é o projeto de objetiva com capacidade para chegar a f/1.2 — não é fácil. A complexidade tem um custo.

Os projetos de 85mm da Canon

Nesta faixa de distância focal, temos uma situação semelhante a dos 50mm, com a diferença de que o projeto de abertura de diafragma a f/1.4, aqui, também pertence a série de luxo da empresa:

  • EF 85mm f/1.8 USM (US$ 419,00), você não vai ler ou assistir a reviews negativos desta lente. Entre os pontos fortes, que são apontados sobre este projeto, é a velocidade do autofoco — que bate a das outras 2.
  • EF 85mm f/1.4L IS USM (US$ 1600,00), custa 4X (um pouqinho menos…) mais caro que 85mm f/1.8. O que a Canon está te cobrando aqui, é um projeto óptico superior, a estabilização de imagem e, obviamente, os acessórios de sempre (bolsinha, hood e o filtro de proteção).
  • EF 85mm f/1.2L II USM (US$ 2000,00), custa 5 vezes mais que 85mm f/1.8. Em relação à 85mm f/1.4 L IS USM, você paga mais pela excelência óptica — mas vai perder a opção de estabilização da imagem.

Conclusão

Vai haver casos em que a diferença de preços entre uma objetiva da série L, em relação a sua versão mais barata, é, se não pequena, justificável.

Para mim, o grande apelo das objetivas de luxo é a resistência (a poeira, a água e a choques). O salto, em qualidade, nunca me pareceu grande a ponto de desembolsar, em alguns casos, 11 vezes mais dinheiro.

Como fotógrafo, não sou um maluco por nitidez ou detalhes ínfimos nas imagens. Não ligo para vinhetas ou eventuais distorções — que, geralmente, podem ser corrigidas dentro da câmera.

Mas me preocupo com a durabilidade do equipamento e esta é uma das respostas que a série L oferece aos seus clientes.

Jamais me envolveria em dívidas para adquirir uma lente nova, mas com certeza, estou sempre disposto a guardar dinheiro, por um tempo maior, até completar o necessário para adquirir “a lente dos meus sonhos”.

Sinceramente, se não for para deixar a objetiva em cima de uma estante, pegando poeira, com certeza vale a pena fazer o esforço para adquirir a que você quer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.