Review de aplicativo Android: Candy Camera – Selphie Photo

selfies camera

Não sou da turma que adora tirar selfies… mas eu te entendo! 😉
Se você não consegue parar esta mania (e por que deveria?) e tem um aparelho Android — então, com certeza, há alguns aplicativos que você precisa conhecer. Eles vão te ajudar a se divertir ainda mais e tirar fotos realmente bacanas com o seu smartfone.
Apps específicos para tirar selfies, oferecem vários recursos de edição e efeitos, que podem dar destaque especial às suas imagens.
Aliás, todos os efeitos e esforço dos desenvolvedores tendem a se concentrar nesta categoria de fotografia. Por isto é que são melhores do que o app de câmera genérico do seu smartfone.
Não esqueça de ler também “Dicas para tirar as melhores selfies” — texto com informações técnicas complementares a este post.

Candy Camera

candid camera google play
O Candy Camera é um dos apps mais conhecidos e tem uma interface bem intuitiva para quem ama tirar selfies.
O que chama atenção neste app é a sua versatilidade para tirar snapshots em tempo real, com aplicação de alguns de seus filtros de melhoramento da imagem.
Ele oferece a facilidade de reaplicar os filtros com o gesto de arrastar (com o dedo) para o lado, sobre a tela.
Adicionalmente, o app provê uma gama de ferramentas e funções, tal como o clareamento, o eyeliner e alguns stickers.
O modo silencioso, é algo que considero imprescindível — e o aplicativo tem!
Silenciar a câmera, permite tirar suas selfies discretamente, quando há outras pessoas por perto.

halloweeh candy camera selfie effect
Tem efeitos para datas especiais do ano, como o Halloween!

Já fiquei em situação desconfortável, por causa do som do obturador do aplicativo que tira screenshots da tela do meu laptop.
Este som, é a última coisa que você vai querer, ao tirar selfies em público…

candid camera sticker carnaval

Vantagens

  • Tem um modo de capturas em vídeo e é um dos apps com maior quantidade de funções de embelezamento da foto e efeitos especiais
  • Tem muitos filtros, para dar asas à sua criatividade e permite também adicionar quadros (frames)
  • Stickers e modo de colagem
  • Modo silencioso, que protege a sua privacidade
  • Você pode usar suas próprias fotos, que já se encontram no seu dispositivo, e trabalhar em cima delas

Desvantagens

  • Alguns dos recursos premium precisam ser pagos. Isto não é exatamente uma coisa ruim — afinal, o pessoal que desenvolveu um app tão legal, também precisa pagar suas contas, não é?
  • Você pode se incomodar que ele esteja em inglês, mesmo sendo todo visual e intuitivo
  • Alguns controles são minúsculos e podem ser desconfortáveis para quem tem dedos maiores e tela muito pequena

Você pode ver alguns exemplos de uso, no site oficial do app: https://www.instagram.com/candycameraofficial/.
Para fazer o download, clique neste link: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.joeware.android.gpulumera.

Referências

http://www.hongkiat.com/blog/android-selfie-enhance-apps/.

Você tem muita dificuldade para dançar dentro do ritmo? Então você precisa conhecer esta explicação científica.

A dificuldade que algumas pessoas têm de dançar ou acompanhar ativamente passos de dança pode ter causas biológicas e explicações científicas.
Não sou um grande fã de dança, nem de filmes do gênero, mas gosto e sempre sonhei em um dia saber dançar como uma “pessoa normal”.
Pois bem, a explicação que segue, diz que é melhor eu sonhar com outras coisas mais plausíveis.
Pesquisadores da universidade de Montreal e da McGill University compararam duas pessoas suspeitas de terem beat deafness com 32 componentes de um grupo de controle.
Pediu-se aos participantes que batessem os pés no chão, sem acompanhamento musical — mas acompanhando as ordens de um instrutor. Todos foram capazes de fazẽ-lo, o que eliminou uma possível deficiência de coordenação motora.
Já, com a adição de uma música, os participantes suspeitos de possuírem a condição de beat deafness simplesmente não conseguiam acompanhar.
john Travolta and Uma Thurman dancing

Geralmente, um ser humano tem a habilidade de ouvir e acompanhar as batidas e o ritmo das músicas desde a infância.
Aproximadamente 4% da população, contudo tem algum tipo de deficiência para sincronizar seus movimentos com o ritmo de uma música.
Esta condição é chamada de beat deafness ou “surdez rítmica”, em uma tradução livre.

A pessoa que tem “surdez rítmica” — apesar do que diz o nome — pode, sim, ouvir as batidas e o ritmo. Contudo, ela tem dificuldade para acompanhar as batidas com os movimentos do corpo.
Mesmo pessoas que “dançam mal” conseguem acompanhar o ritmo de uma música e coordenar seus movimentos — o que não vai acontecer com aqueles que sofrem de beat deafness.

Resumidamente, é a incapacidade de se mover de acordo com o ritmo de uma música.

john Travolta and Uma Thurman dancing
O time de pesquisadores concluiu que a condição, mesmo rara, constitui um desajuste que afeta como os ritmos biológicos internos reagem a ritmos externos — não necessariamente audíveis.
A surdez rítmica afeta também a capacidade de acompanhar os passos de um colega ou parceiro de caminhada, por exemplo.
Paciência.
Pelo menos agora, você tem explicações científicas — o que não significa que tenha uma desculpa para deixar de se divertir.
Se tem uma coisa que aprendi, é que feio é ficar reparando nos outros.
Bonito, é ser feliz, mesmo dançando fora do ritmo!

Referências

http://www.mcgill.ca/channels/news/so-you-think-you-can-clap-beat-239990.
http://www.sciencealert.com/can-t-dance-there-s-a-scientific-explanation.

10 dicas para aproveitar um celular Android velho

smartphone

Algumas pesquisas de mercado, conduzidas no Brasil, apontam para o fato de que as pessoas estão trocando seus aparelhos a cada 2 anos.
Toda vez que um usuário faz um upgrade, ele se pergunta sobre o que fazer com o aparelho antigo.
Partindo do pressuposto de que o aparelho “antigo” (com 2 anos de uso, em média) se encontra em boas condições de funcionamento e sem danos, é possível dar-lhe uma ou mais aplicações úteis, que podem tornar sua vida mais fácil e mais divertida.

Se ainda funciona, então não precisa estar obsoleto.
Há uma grande quantidade de possibilidades para um smartphone, com menos de 5 anos de uso — e eu pretendo explorar algumas delas, neste artigo.
Mesmo quebrado, dependendo dos danos, ainda é possível encaixar o aparelho em uma ou duas das aplicações abaixo.

Um smartphone médio, com 5 anos de uso, possuiu capacidade de processamento superior ao de um computador PC, dos anos 90. Em muitos casos, alguns aspectos de sua tecnologia supera a de satélites, lançados na década de 70 ou 80.

Se não tem alguém na sua família ou círculo de amizades para quem doar o aparelho, use-o como dispositivo secundário.

Console de video game

Muitos aparelhos ainda podem ser usados para jogos legados ou arcades clássicos. Um aparelho básico, lançado há 3 ou 4 anos, tem capacidade de processamento de sobra para jogos como Tetris, Forca, arcades clássicos etc.
Tire todos os “aplicativos sérios” e deixe apenas os jogos dentro dele.
Muitos clássicos da Nintendo ou de outras companhias, podem rodar dentro de emuladores, com tranquilidade.

controle snes
SNES Controller. Crédito da imagem http://www.deviantart.com/art/Realistic-Vector-SNES-Controller-Finished-401599423

É muito fácil parear um dispositivo Android com a TV, através do Google Chromecast — o que permite jogar com uma tela maior, na sala.
O Playstation 4 também aceita conexão com dispositivos Android, através de um simples aplicativo.

Apoio a atividades físicas

Em vez de levar o seu aparelho principal, vá com “o velho” para a academia ou para correr/caminhar na rua.
Remova todos os aplicativos desnecessários e deixe um player de músicas FLAC ou MP3 com um software de monitoramento de atividades físicas.

Use como computador

Se for possível conectar o aparelho a um monitor, será fácil conectar um teclado/mouse via Bluetooth a ele e usar como um computador Android.
Ou pode usá-lo como servidor de arquivos ou web interno.

Use no carro, como GPS ou player de música

Com um cartão SD, de alta capacidade, é possível transformar o aparelho em um player de músicas. Muitos carros vêm com o sistema de som totalmente integrado, o que torna difícil para o proprietário trocar por um equipamento mais moderno.
Se tiver uma entrada AUX (auxiliar) ou conexão Bluetooth, é possível conectar o aparelho e ouvir músicas de altíssima qualidade no som do carro — driblando muitos sistemas de som obsoletos que as montadoras ainda insistem em colocar nos carros novos.
Um aparelho de GPS exclusivo ou profissional pode bater qualquer celular com GPS. É como comparar câmeras DSLR com câmeras de celulares…
Mas, se você não tem um dispositivo de posicionamento global, mas tem um celular sobrando, pode usá-lo para executar esta tarefa dentro do veículo — além de tocar suas músicas preferidas.

Amplificador ou extensor da rede Wi-Fi

Você pode usar o aparelho como extensão da sua conexão Wi-Fi em locais onde ela não é muito boa, dentro da sua casa.
O aparelho pode ser usado, conectado a uma das portas USB do seu laptop, por exemplo, para captar o sinal da rede de uma posição mais privilegiada, por exemplo.
Com o uso de um aplicativo, com o fqrouter2, o smartphone pode ser usado como repetidor do sinal — mas isto vai exigir que o aparelho seja rooteado.

Porta-retratos digital

Você nunca pensou que teria um, não é?
Esta é a chance de ter um porta-retratos digital “grátis” – ou por um preço mais razoável – para a sua sala, para a mesa do escritório, para o criado-mudo etc.
O Google Play Store tem vários aplicativos neste sentido.
E não precisa ter uma grande quantidade de memória no aparelho, uma vez que as fotos usadas não precisam ser de altíssima resolução.
Você pode usar fotos de acordo com a resolução do aparelho.

Use como um baby monitor

Os dispositivos de monitoramento de crianças e recém-nascidos costumam ser caros.
Novamente, o Google Play Store tem aplicativos para satisfazer a esta necessidade, tanto para streaming de vídeo como de áudio.

Despertador

Há “toneladas” de apps para transformar o seu aparelho em um despertador multimídia na “lojinha” do Google.
As possibilidades de configuração são quase infinitas — aparência do relógio, toque musical etc.

Terminal de conferência de vídeo

Use-o como terminal de videoconferência, para o Google Hangouts, para Skype, com o appear.in etc.

Encontrar vida extra-terrestre

Com uma conexão Wi-Fi, você pode se cadastrar no SETI, instalar um aplicativo no seu aparelho e fazer parte de um projeto internacional de computação distribuída — para analisar sinais de rádio, vindos do espaço.
Saiba mais sobre como ajudar projetos humanitários e científicos com o seu smartphone.


Além destas aplicações, há centenas de outras possibilidades, limitadas apenas pela sua imaginação e criatividade.
Use a sessão de comentários para compartilhar com outros leitores as suas ideias de uso de um smartphone velho.

8 dicas para quem vai comprar seu primeiro drone

drone phantom quadcopter

Tanto pessoas comuns como pequenos e grandes negócios, encontram novas utilidades para drones a cada dia.
Atualmente, são muito comuns no ramo imobiliário, entre profissionais da fotografia ou filmagem de eventos, em empresas de vigilância etc.
E, claro, muitas pessoas usam apenas por divertimento. E esta enorme gama de aplicabilidade deste item é o que nos leva ao primeiro questionamento deste texto: o que você pretende fazer com o seu drone?
drone phantom quadcopter
Se esta questão já estiver, mais ou menos, respondida para você, será fácil passear pelas outras que são enumeradas no decorrer do texto.
Comprar um drone, para o público iniciante, pode ser uma tarefa espinhosa — afinal, todo mundo quer se certificar de estar investindo bem o seu dinheiro, em vez de entregá-lo por um objeto inútil, não é?
O objetivo das dicas, aliás, é ajudar você a se livrar de possíveis decepções, ao adquirir o seu primeiro aparelho.

O propósito do drone

A primeira dica é estabelecer o motivo real de querer adquirir este veículo.
Se o seu propósito for o entretenimento, ou seja, tudo o que você quer é se divertir — então um pequeno quadcopter vai resolver.
Além disto, há opções bem boas e baratas nesta categoria.

Contudo, o barato pode sair caro, ao comprar um modelo que não consegue atender às suas expectativas.

Se as suas pretensões estão na categoria de fotografia ou filmagem aéreas, você vai necessitar de um modelo mais avançado, que seja capaz de capturar imagens em alta definição, a longa distância e de diferentes ângulos.
Se o que você deseja é carregar equipamentos de trabalho ou outros objetos, vai precisar de um veículo com capacidade de levantar vôo com a carga e transportá-la até o alvo.
Drones que tenham o propósito de fazer vigilância ou inspeção de segurança terão que ter a capacidade de operar sob condições climáticas desfavoráveis.
Se você pretende fotografar a “natureza selvagem” (wildlife), tenha em mente que este tipo de equipamento é bastante caro — mas pode facilitar tremendamente a abordagem de animais, sem ser percebido e garantir a sua integridade física.

Em vista disso, todas as outras dicas devem ser analisadas à luz das suas necessidades ou pretensões.

A aparelhagem

Outro aspecto a ser considerado são os mecanismos de funcionamento específicos de cada veículo.
Como você já sabe, há vários tipos de drones disponíveis no mercado — e você precisa entender que nem todos têm funcionamento (ou motorização) adequada às funções que você deseja lhes atribuir.
Novamente, se você só quer se divertir, um simples quadcopter resolve. Pare de ler este texto agora e vá comprar um. 😉
Contudo, se você planeja usar o seu drone para os outros propósitos, já discutidos, esta opção não será suficiente.
Durante as suas pesquisas, procure entender e se informar sobre os mecanismos dos drones que te interessam, no sentido de saber se têm a capacidade de resolver o seu problema ou não.

O design do seu drone

Prestar atenção no design do drone que capturou seu interesse também é importante.
Chamado também de UAV ou VANT, geralmente, a ideia básica é voar sem a necessidade de uma tripulação humana.
Além disso, os projetos são bem diferentes.

A sigla inglesa UAV, quer dizer Unmanned Aerial Vehicle ou Veículo Aéreo Não-Tripulado (VANT)
ou, ainda, Sistema Aéreo Não-Tripulado.

O quadcopter tem projeto simples, com quatro motores e funcionamento semelhante, como o próprio nome lembra, ao de um helicóptero.
Drones militares, muito mais sofisticados, são movidos à jato e seguem a dinâmica de aviões.
Entre um e outro, há várias nuances e soluções de projetos. Cada qual, adequado a um (conjunto de) propósito(s).

Câmeras, suportes de câmera e outros objetos

Veículos usados para fotografia ou fazer vídeos aéreos, podem vir com câmera já acoplada e pronta para uso.
Geralmente, quando um drone já vem equipado com uma câmera, ela pode servir a propósitos genéricos.
Verifique se as especificações da câmera atendem às suas necessidades.
O melhor é adquirir um drone com suporte de câmera — ou comprar o suporte separado — e acoplar a sua própria câmera à ele.
Uma outra dica, é adquirir um veículo com gimbal support, que pode manter a câmera estável e livre da influência de fatores externos, como o vento.

A bateria

Este é um dos pontos cruciais, em UAVs.
Um simples quadcopter pode proporcionar, em geral, de 5 a 15 minutos contínuos de diversão.
Uma bateria maior e de maior capacidade, pode manter o veículo no ar por mais de um hora, no entanto.
Para uso profissional/comercial, procure um aparelho cuja bateria possa ser recarregada rapidamente e que tenha uma autonomia superior a uma hora.

Área de cobertura

A área de cobertura de um drone comum não costuma ser superior a 50 metros.
Este número é suficiente para obter imagens aéreas.
Entretanto, há veículos mais avançados que podem cobrir áreas superiores a 100 metros. Estes pode ser mais adequados para fotografia da natureza selvagem ou para realizar entregas.

Mercado de peças de reposição

Como todo veículo, o UAV pode quebrar, sofrer avarias,
Comprar de uma loja que ofereça suporte e atendimento pós-venda, além de ter todas as peças necessárias para repor danos é fundamental — principalmente se você estiver investindo uma soma considerável de dinheiro no produto.

Custo

Cada tipo de drone se encaixa em uma faixa de preços.
O ponto, aqui, é prestar atenção nestas dicas, para obter a melhor relação custo/benefício para você.
Equipamentos voltados para diversão, pura e simples (que tal corrida?), por serem mais baratos, podem ser adquiridos de qualquer site na Internet.
Já o uso profissional do veículo demanda mais cuidados e você precisa levar em conta a oferta de suporte técnico posterior á compra, para não acontecer de ficar com um equipamento caríssimo e encostado num canto, por falta de peças ou de alguém com capacidade técnica para consertá-lo.

Como conectar seu celular Android ao Playstation 4

android logo & ps4 logo
  1. Baixar o aplicativo na playstationstore   PlayStation®App (tambem disponivel para  IOS)
  2. Conectar Smartphone e o console na mesma Wi-Fi
  3. Abrir o App e fazer o login na PSN
  4. No app vá na opção Conectar ao PS4 > Segunda tela> selecionar o sistema PS4(Caso não apareça nenhum sistema PS4, certifique-se que ambos estejam conectados na mesma wi-fi e ligados, agora basta atualizar a lista)
  5. No PS4 ir na opção Configurações>Configurações de conexão do Playstation App> adicionar novo dispositivo
  6. Apos passo 4 e 5 no Smartphone ira aparecer opção para inserir um código que esta sendo exibido na tela de sua TV.

Agora o aplicativo esta pronto para exercer algumas das funções que vou descrever abaixo.

Motivos para usar o aplicativo

  • Navegar pela PSN sem precisar ligar o seu video game.
  • Escrever textos maiores(é cansativo escrever com controle).
  • Ver as mensagens que você recebe enquanto está fazendo algum stream.
  • Se comunicar com os amigos da PSN com maior praticidade.
  • Você pode comprar jogos fora de casa e iniciar download de forma. remota(Quando chegar em casa é só correr pro abraço).
  • Criar conta convidada no sistema PS4 de amigos com maior facilidade e segurança.